roubar doações às vítimas de BrumadinhoGolpistas tentando lucrar com o sofrimento das pessoas em Brumadinho/MG vem divulgando correntes falsas em redes sociais, se dizendo representantes de instituições oficiais, pedindo doações em dinheiro sob pretexto de prestar auxílio às vítimas da tragédia de Brumadinho.

De acordo com o major Flávio Santiago, porta-voz da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), “aproveitadores estão divulgando imagens falsas com contas correntes usando imagens de instituições de renome, mas com sites fakes.”

A Defesa Civil divulgou uma nota em que reafirma a mensagem de que “ninguém está autorizado a recolher qualquer valor em nome do Estado” e alertando para sites falsos que fingem arrecadar fundos para as vítimas.

A principal mensagem é não compartilhar nem repassar informações não confirmadas. “Não confiem em informações veiculadas em mídias sociais com contas para depósito. Não existe essa situação”, completou o major.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO