TECNOLOGIA

Zap de Bolsonaro revela um monstro que exalta Pinochet, ataca vacina, espal

O jornalista Paulo Cappelli, do jornal O Globo, teve acesso a mensagens enviadas nos últimos dias por Jair Bolsonaro a seus contatos no aplicativo, que incluem notícias falsas sobre vacinação de jovens, vídeo elogioso ao ditador chileno, piadas preconceituosas e ataques a adversários. Numa das mensagens, Bolsonaro afirma que a vacina da Pfizer, distribuída pelo governo federal, estaria matando jovens. “Bolsonaro também compartilhou vídeo com elogios ao ditador chileno Augusto Pinochet e deu a entender que, se a esquerda voltar ao poder, o Brasil terá um destino preocupante”, informa Cappelli, em sua reportagem.

Em suas mensagens, Bolsonaro também ataca a China, país que mais compra produtos brasileiros e mais investe no Brasil. “Outro vídeo compartilhado por Bolsonaro mostra Lula, em entrevista, elogiando a China, enquanto cachorros mortos sendo comercializados como alimentos aparecem em imagens. Em outro momento do vídeo com Lula, uma criança leva surra de suposto professor chinês dentro de sala de aula”, informa Cappelli.

Por fim, Bolsonaro também espalha homofobia. “Na segunda-feira, ele compartilhou um conteúdo que mostra pessoas aparentemente num protesto por direitos da comunidade LGBT queimando uma bandeira do Brasil”, aponta o jornalista. “Não foi a única mensagem preconceituosa. Na madrugada do último domingo, Bolsonaro remeteu um vídeo no qual o músico Rogério Skylab diz ter tido relações homossexuais sem, no entanto, considerar-se gay: ‘Já dei três vezes, mas sou hétero’. Logo depois, Bolsonaro completa: ‘Até três vezes pode.’”

DPB com Brasil 247

Mostrar mais

Sérgio Ricardo

Sérgio Ricardo é fotojornalista, fundador e desenvolvedor do Portal DiárioPB, Rádio DiarioPB, A Nata do Rock, editor, programador e diretor do Sistema DPB de Comunicação.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar