Sabadinho BomO musicista Júnior do Cavaco e o grupo de samba Dona Treta, de Campina Grande, se apresentam neste sábado (12) pelo projeto Sabadinho Bom, a partir das 11h30, na Praça Rio Branco, Centro Histórico da Capital. O Sabadinho, um dos projetos mais queridos e populares de João Pessoa, é promovido pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da sua Fundação Cultural (Funjope), e voltado para a difusão do chorinho e do samba executados por grupos da cena local.

Há 14 anos na estrada, quase metade tocando samba e pagode, Júnior do Cavaco foi conquistado pelo chorinho nos últimos anos e vem se aperfeiçoando no gênero imortalizado por Pixinguinha e Jacob do Bandolim.

Às 11h30, ele sobe ao palco do Sabadinho para tocar canções como “Choro negro” (Paulinho da Viola), “Frevo de rua” (Nino Pernambuco),“Evocação a Jacob” (Avena de Castro), “Um a zero” (Pixinguinha/Benedito Lacerda), “Saxofone por que choras?” (Ratinho), “Perigoso” (Orlando Silveira),“Um tom para Jobim” (Sivuca), “Araponga” (Luiz Gonzaga) e o baião autoral “Saudade de Dominguinhos”, que intitula o seu primeiro CD, ainda em fase de produção. Como convidados, Júnior trará os músicos Gilberto Monteiro, no sax, e Carlos Moura, no pandeiro e vocais.

Dona Treta – De Campina Grande, a banda Dona Treta costuma apresentar roupagens próprias de sucessos do samba-rock, gênero popularizado no País a partir da década de 70.

Suas influências vão de Jorge Ben Jor, Tim Maia, Benito di Paula e Luiz Gonzaga à atualidade de Seu Jorge, O Rappa e Casuarina, compondo um show descontraído e variado. A banda surgiu em 2013, da reunião de um grupo de universitários apaixonados pelo funk, soul, MPB, samba-raiz e rock. “O samba-rock foi a fusão certa que encontramos para expressar a alegria, brasilidade e influências de cada um”, destaca João Marinho Neto, o percussionista.

“Ficamos felizes em tocar pela primeira vez na Capital paraibana. O Sabadinho Bom é um projeto já conhecido por alguns integrantes, que possui público e ambiente que nos fazem sentir em casa. Temos trabalhado roupagens bem elaboradas de clássicos da música brasileira que certamente vão contagiar o público”, aposta o músico.

DIÁRIOPB com ASSESSORIA

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here