PSOL pede para TSE suspender WhatsappO PSOL protocolou nesta quinta-feira, 18, ação no Tribunal Superior Eleitoral com pedido de suspensão das funções do WhatsApp, a partir do próximo sábado até a votação do segundo turno. A justificativa usada é a disseminação de notícias falsas por meio do aplicativo de mensagens, realizadas por empresas apoiadoras do candidato Jair Bolsonaro (PSL).

“Desde o início das eleições essa Corte já tinha manifestado a preocupação com as chamadas fake news. Apesar da inicial preocupação, a verificação às vésperas do segundo turno de votações é que as notícias falsas não foram controladas, seja pelo TSE, seja pelo aplicativo de mensagens. As notícias falsas, difamatórias, mentirosas e de ódio grassaram país à fora numa quantidade incalculável e ajudaram a definir opções de voto e manifestações de apoio a determinados candidatos”, diz a representação do PSOL.

PSOL também diz que, caso o tribunal não ache que a medida é suficiente, “seja suspenso o aplicativo em todo o território nacional a partir de sábado, dia 20/10/18, até o fim das eleições”.

Brasil 247

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here