O empresário Raimilson Tadeu da Silva Pereira, de 31 anos, identificado como o principal suspeito de causar um grave acidente na Avenida Epitácio Pessoa, na Capital, na noite da última segunda-feira (1°), estava embriagado no momento do acidente. A informação foi confirmada pela delegada Roberta Neiva, citando que o mesmo ingeriu, ao menos nove cervejas, ao sair de um bar, localizado no bairro da Torre.

“Fizemos todo o levantamento do que ele veio fazendo e constatamos que ele passou a tarde em um bar da Capital, ingeriu nove cervejas [entre 15h30 e 17h30] e de lá, minutos depois, aconteceu o crime”, disse a delegada.

Ainda de acordo com Roberta Neiva, o suspeito irá responder pelos crimes lesão corporal, combinação de lesão corporal grave, omissão de socorro, evasão do local do crime, além de trafegar na faixa do ônibus exclusiva e avançar na faixa de pedestre.

O suspeito é considerado foragido e a polícia vem diligenciando para prendê-lo. “Na verdade, o crime não é mais apenas uma lesão corporal no trânsito, que a pena é menor. Ela vai de 1 a 5 anos em virtude da embriaguez e do fato de uma das vítimas está internada em estado grave no hospital, o que está constatado pelo exame pericial feito ontem [terça]”, concluiu.

WScom

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here