ex-lateral-esquerdo Rodrigues NetoO futebol brasileiro começa a semana mais triste. Ídolo do futebol carioca defendendo Flamengo e Fluminense, o ex-lateral-esquerdo Rodrigues Neto faleceu, aos 69 anos, vítima de uma trombose causada pela diabetes. O corpo encontra-se no Hospital de Bonsucesso, Zona Norte do Rio de Janeiro. Funcionários rubro-negros, aliás, tentam uma ajuda do clube para o enterro.

Jogador de bom vigor físico e irreverência, Rodrigues Neto foi tricampeão carioca (1972 e 1974 pelo Mengão e 1976 pelo Fluzão). Suas boas atuações nos clubes do Rio de Janeiro lhe renderam uma convocação para defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1978, na Argentina, quando era atleta do Botafogo.
História

Nascido em Galileia-MG, iniciou a carreira no Vitória-ES e encerrou no São Cristóvão-RJ. Ele acumulou passagens por Flamengo, Fluminense, Botafogo, Internacional-RS e atuou na Argentina, defendendo Boca Juniors e Ferro Carril. Pelo clube rubro-negro, foram 439 jogos e 29 gols.

Fla-Flu

Ídolo no Flamengo, Rodrigues Neto se transferiu ao rival Fluminense por interferência de Franscico Horta, então presidente tricolor, que revolucionou o futebol brasileiro com trocas de jogadores nos anos 1970. Ele tentou a carreira de treinador em clubes do Rio de Janeiro e do Nordeste, mas não obteve sucesso na função.

As informações são do FI

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO