O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, declarou hoje à imprensa internacional que todo o “establishment” brasileiro apoia o candidato do PSL e seu rival na disputa, Jair Bolsonaro.

“Enfrentamos um desafio enorme porque todo o establishment brasileiro apoia a candidatura de extrema-direita no Brasil. Ao contrário do que aconteceu em países da Europa e nos Estados Unidos, aqui o fenômeno é diferente”, disse Haddad.

O candidato do PT também afirmou que o “mercado financeiro tem preferência pelo candidato de extrema-direita em virtude de seu programa de venda do patrimônio nacional”.

Em sua opinião, os investidores estão “basicamente pensando em benefícios rápidos e de curto prazo” e com um olho nas empresas estatais brasileiras, como “Petrobras, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal”.

Para ler mais, entre em contato ou acesse o serviço de notícias EFE.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO