FUTEBOL

Diretor do Flamengo e ex-vice do Botafogo estavam no grupo “Guardiões do Crivella”

Diretor de relações governamentais e responsável pela interlocução do Flamengo no meio político, Aleksander Santos estava no grupo chamado de “Guardiões do Crivella”. Trata-se de uma organização formada, na maioria, por funcionários pagos com dinheiro público com o objetivo de impedir o trabalho da imprensa na fiscalização de denúncias de saúde.

Aleksander saiu do grupo nesta terça-feira. Segundo ele, seu número foi adicionado sem a permissão dele. O blog apurou que a entrada do diretor no grupo é antiga e questionou o motivo de ele não ter saído assim que foi adicionado.

“Eu sou adicionado em muitos grupos. De Flamengo, então, tem um monte. Eles pegam meu número e adicionam. De fato eu estava nesse grupo, não sei precisar desde quando. Mas eu não fiz nenhuma postagem”,  explicou ele.

A existência do grupo foi revelada pela TV Globo essa semana. Os integrantes estão sendo investigados sob a suspeita de formarem uma organização criminosa com o objetivo de práticas ilegais, entre elas a de restringir a liberdade de imprensa.

Ex-vice do Botafogo também no grupo

Outro personagem do mundo da bola no grupo é o ex-vice presidente de estádios do Botafogo, Anderson Simões. O ex-dirigente, hoje, faz parte da gestão de Crivella. Ele é o subsecretário de Planejamento e Acompanhamento de Resultados da Casa Civil.

O blog não conseguiu contato com Anderson Simões.

Anderson Simões, ex-VP do Botafogo, também estava no grupo — Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo
 GE
Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE