MÚSICA

De Repente na Rede integra Festival Pretitudes e traz vozes de cantadoras negras

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) exibe, nesta quarta-feira (17), às 19h, um programa especial da série ‘De Repente na Rede’. Nesta edição, o apresentador Iponax Vila Nova traz a dupla de cantadoras Santinha Maurício, de Pernambuco, e Minervina Ferreira, da Paraíba, que prestarão uma homenagem a Chica Barrosa e Inácio da Catingueira, paraibanos, sertanejos, afrodescendentes e mestres na arte do improviso.

A exibição, que integra a programação do ‘Festival Pretitudes – Arte, cultura e protagonismo negro’, acontecerá de maneira híbrida, com apresentação do programa na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, e transmissão pelo canal da Funesc no YouTube (youtube.com/TVFunesc).

Santinha Maurício, é o nome artístico de Josefa Maria da Silva, que nasceu em 1951, na cidade de Limoeiro (PE). Herdou de seu pai, Seu Maurício, o pseudônimo que a acompanha. Passou a infância na fazenda Pedra Tapada, onde participou dos trabalhos na agricultura familiar e encarou a consequente ausência de estudos formais. Na década de 1970, participou da gravação de um disco de vinil e de um vídeo, mas, segundo ela, não foi remunerada por isso. Talentosa na arte do repente e da cantoria, Santinha, atualmente, vive em Abreu e Lima (PE), trabalha como costureira e não perde oportunidades de participar de apresentações e festivais com a sua viola.

Minervina Ferreira é natural de Cuité, no Curimataú paraibano e é experiente repentista e cantadora de viola. Seu nome de batismo é Minervina da Silva Costa, herdando o ‘Ferreira’ da profissão do pai, que era ferreiro. Na infância e juventude, teve poucas chances de estudar, pois precisava ajudar a família na agricultura; mesmo assim, trabalhou também como professora primária e agente de saúde em Cuité. Consciente de seu papel como artista popular, ela imprime em seus versos temas sociais e reflexões sobre a condição das mulheres, além de promover eventos nos quais as violeiras mulheres assumem o protagonismo de sua arte.

O ‘Festival Pretitudes’ é uma ação promovida pela Funesc, que ocorre entre os dias 16 e 20 de novembro, em alusão ao Dia da Consciência Negra, trazendo uma programação cheia de atividades nas áreas da literatura, audiovisual e teatro, sempre com a participação de artistas negros selecionados através de edital. Durante os quatro dias de evento, haverá ainda uma feira com produtos e serviços oferecidos por mulheres negras empreendedoras.

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar