Belo vence Treze por 1 a 0 e fica no G4 da Série C com quarta vitória seguida

galoXbeloMesmo com a força da torcida do Treze, única no estádio, o time perdeu para o Botafogo com placar de 0 a 1 no Presidente Vargas, em Campina Grande, durante mais um Clássico Tradição, na noite deste sábado (9). O gol foi marcado por Chapinha, aos 27 minutos do segundo tempo. A partida de volta e sob chuva valeu pela décima rodada da Série C do Brasileirão. No jogo de ida, o Belo venceu o Galo por 3 a 2 no Almeidão, em João Pessoa.
Como o Cuiabá venceu o C.R.A.C (GO), fora de casa, e tem outros números melhores, o Botafogo continua em terceiro lugar na tabela, mas agora com 17 pontos. Já o Treze permanece com dez pontos, no sexto lugar.

Na próxima rodada, o Botafogo joga no domingo (17) contra o C.R.A.C (GO), às 16h, no Almeidão; e o Treze segue para Arapiraca (AL), no mesmo dia, onde joga contra o A.S.A, no Coaracy Fonseca.

O jogo

A partida começou com o Treze mostrando mais força e posse de bola, com um time bastante motivado pela torcida que fazia festa nas arquibancadas.

Aos 13 minutos, Pio fez a cobrança de falta e Gilson fez uma super defesa, evitando o gol do Belo. Apesar dessa reação, o Treze seguiu na frente e dando trabalho para a defesa do time da Capital.

No ritmo, o Galo continuou com Rafael Oliveira que mandou no meio do gol, aos 23 do primeiro tempo, mas Genivaldo segurou e não deixou. Os jogadores começaram a se estranhar em campo, com empurrões e discussões.

Aos 38 minutos, ele de novo, Rafael Oliveira recebeu na área do Belo, finalizou bem, mas o camisa 1 do alvinegro pessoense evitou.

O Treze terminou o primeiro tempo com o mesmo ritmo que começou, mantendo mais posse de bola e exigindo esforço do Botafogo.

Segundo tempo

Voltando para a segunda etapa, o Galo segurou o desempenho e parecia que não havia parado no intervalo. Mas, depois de alguns minutos, os dois times ficaram mais lentos em campo.

O jogo seguiu morno, mas aos 27 minutos, Chapinha calou a torcida trezena no PV com um golaço. Ele mandou de longe e a bola foi direto na rede do goleiro Gilson. 0 a 1 nos marcadores.

Depois, o Belo se defendeu como pôde, para segurar o placar, enquanto o Treze tentou o empate de todas as formas. Perto do fim da partida, Frontini passou para Luiz Paulo, que chutou no gol, mas a arbitragem marcou impedimento.

Mesmo com bom desempenho em campo, o Treze não teve mais chances e o Bota fechou a partida na frente, aos 49 minutos, mandado a torcida do Galo para casa antes mesmo do jogo terminar no PV.

Ficha Técnica:

Treze: Gilson, Osmar, Oliveira, Alisson Pereira (Leânderson) e Fernandes; Charles Vágner, Sapé, Jonathan e Luciano (Birungueta); Rafael Oliveira e Bruno Aquino (Leandrinho). Técnico: Givanildo Oliveira.

Botafogo: Genivaldo, Ferreira, Magno Alves, Walter e Alex Cazumba; Zaquel, Pio (Hércules), Doda e Lenílson (Chapinha); Frontini e Rafael Aidar (Luiz Paulo). Técnico: Marcelo Vilar.

Arbitragem: João Bosco Sátiro da Nobrega, Oberto da Silva Santos e José Maria de Lucena Netto (PB).

Cartões amarelos: Ferreira, Alex Cazumba, Frontini, Genivaldo (B).

Cartões vermelhos:
 Rafael Oliveira (T); Doda (B).

Portal Correio

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar