HulkO treinador da seleção brasileira, Dunga, anunciou nesta quarta-feira (17) a relação dos jogadores convocados para os amistosos contra Argentina e Japão, marcados para os dias 11 e 14 de outubro, respectivamente.

A maior surpresa da lista foi a convocação do lateral-direito Mário Fernandes, que havia sido chamado para vestir a amarelinha por Mano Menezes, mas negou a chamada. Questionado sobre a escolha de um jogador que já recusou defender o Brasil uma vez, Dunga disse que Mário merece uma segunda chance depois do seu bom desempenho no futebol russo. O lateral-direito ajudou o CSKA Moscou a conquistar o título de campeão nacional.

“O Mário Fernandes teve esse episódio há um tempo. Era um jogador jovem, mas todos temos uma segunda oportunidade. Não podemos crucificá-lo. Principalmente se tratando de jogadores jovens, que começam muito cedo, saem muito cedo de casa, não têm o acompanhamento de pai e mãe. Temos que ter a sensibilidade. Já está há muito tempo na Rússia, um futebol difícil, onde faz muito frio. É um jogador que começou como zagueiro, mas virou lateral. Hoje é um lateral mesmo, que marca primeiro e depois sobe, até pelas suas características”, explicou o técnico.

Outra surpresa foi a ausência do paraibano Hulk na lista. Ele havia sido convocado para os dois primeiros amistosos da nova era Dunga, mas foi substituído por Robinho após sofrer uma lesão. Apesar de já ter voltado a jogar pelo Zenit, Hulk não foi liberado para a Seleção.

“Recebemos um documento do médico dizendo que ele ficaria de quatro a seis semanas fora e temos que acreditar. Com a medicina moderna, entendemos que alguns milagres acontecem”, contou Dunga.

Veja a nova lista de jogadores convocados pelo treinador:

Goleiros: Jefferson (Botafogo) e Rafael (Napoli);

Zagueiros: David Luiz (PSG), Marquinhos (PSG), Gil (Corinthians) e Miranda (Atlético de Madrid);

Laterais: Filipe Luís (Chelsea), Dodô (Inter de Milão), Danilo (Porto) e Mário Fernandes (CSKA);

Meias: Luiz Gustavo (Wolfsburg), Elias (Corinthians), Fernandinho (Manchester City), Ramires (Chelsea), Everton Ribeiro (Cruzeiro), Willian (Chelsea), Philippe Coutinho (Liverpool), Ricardo Goulart (Cruzeiro) e Oscar (Chelsea);

Atacantes: Neymar (Barcelona), Robinho (Santos) e Diego Tardelli (Atlético-MG)

Fonte: Correio
COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


sete − 1 =