Suplente de Cristiane Brasil na Câmara foi condenado por exploração sexual

Suplente de Cristiane BrasilA deputada federal Cristiane Brasil, após ser indicada por seu pai, Roberto Jefferson, o delator do “mensalão”, e aceita pelo governo Temer, assumirá, na semana que vem, o Ministério do Trabalho. Com a ida para a pasta do governo, sua cadeira de deputada ficará vaga e deve ser assumida pelo primeiro suplente: Nelson Nahim (PSD-RJ). A informação foi confirmada pela Mesa Diretora da Câmara.

Nahim é irmão do ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho. Ele foi preso junto com outras 12 pessoas em junho de 2016 em uma investigação da Polícia Civil e do Ministério Público sobre exploração sexual de crianças e adolescentes em Campos dos Goytacazes (RJ).

De acordo com as investigações, Nahim comandava o grupo que mantinha meninas de 8 a 16 anos em cárcere privado. Elas só saiam para fazer programas sexuais e, em troca, recebiam parte do dinheiro pago pelos clientes, alimentação e drogas.

O suplente foi condenado em primeira instância a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável, coação no curso do processo e exploração sexual de adolescentes, mas foi solto poucos meses depois através de um pedido de habeas corpus aceito pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Nahim nega o envolvimento no esquema criminoso.

Revista Fórum


Obrigado por chegar até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. O Portal DiarioPB e a Rádio DiarioPB se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e ouvintes. Você pode apoiar o Portal DiarioPB e a Rádio DiárioPB de diversas formas. Clicando aqui
Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar