“Se fosse faca, eu estaria morta”, diz professora agredida por aluno com golpes de caneta

Foto: Reprodução/DiárioPB
Foto: Reprodução/DiárioPB

A professora Carla Valéria foi espancada por um aluno de 16 anos na noite de quinta-feira (2) com socos, pontapés e golpes de caneta na Escola Municipal Lourival Fontes, em Aracaju (SE). A agressão seria represália por causa de uma suspensão

Redação com R7

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar