Depois que os auditores da CGU concluíram a existência de várias irregularidades na retirada da lama da Lagoa, ora em obras, o vereador Renato Martins vem sem sucesso solicitando informações da Prefeitura e com um agravante sendo boicotado pelos vereadores da base do prefeito Luciano Cartaxo, chegando ao ponto de o presidente da Câmara Durval Ferreira, mandar retirar da ata o pronunciamento de Renato Martins sobre o fato que vem cheirando muito mal. O relatório da CGH é contundente e o relator estranha as informações fornecidas pelo engenheiro responsável pela obra de que que os caminhões, que em tese trabalharam durante a noite, não respeitaram dia santo nem feriado, carregando entulhos no Dia do Trabalho, no Sete de Setembro, no Cinco de Agosto (aniversário da cidade) e até no dia da eleição de 2014, já que, pelo que consta nas informações, foram transportadas só no dia Cinco de Agosto, 136 carradas de lixo. A situação servindo ao prefeito impediu o debate sobre o relatório da CGU e mandou retirar da ATA tudo que foi dito por Renato Martins. Esses vereadores da base do prefeito estão de cócoras e alguém poderá perguntar e o povo?. Ora, responderão eles, o povo é apenas um detalhe insignificante, O que importa mesmo são as dezenas de cargos que são distribuídos para cada vereador da base aliada. Esse apoio assim com tanto ardor por parte dos vereadores, com certeza não é pelos belos olhos do alcaide, Estejam todos certos disso e aguardem 2016, que esses vereadores subservientes com certeza irão bater as suas portas.

OS VOTOS DE MANOEL JUNIOR E WELLINGTON ROBERTO E O JAPONÊS DA FEDERAL


Já há algum tempo a postura dos deputados Manoel Junior e Wellington Roberto vem chocando e envergonhando os paraibanos, pois ambos mesmos sabendo que o deputado e presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha, recebeu várias propinas e enviou para o exterior, teimam em desesperadamente defender o mesmo, figurando ambos na chamada tropa de choque de Cunha, cujos membros a Revista Época chegou a levantar algumas suspeitas. Na manifestação de ontem apareceu uma cela com um boneco de Cunha, tendo ao seu lado bonecos de Manoel Junior e Wellington Roberto. Seria uma profecia e o japonês da Federal será que algum dia vai amanhecer por aqui? Por uma questão de justiça é preciso registrar que dos três paraibanos do Conselho de Ética apenas o Padre Luiz Couto votou contra Eduardo Cunha.

NA COMISSÃO DE ORÇAMENTO DEPUTADO GOVERNISTA AJUDA NA DERROTA DA INSTALAÇÃO DO TCM

Pelos na Comissão de Orçamento a instalação do TCM foi derrubada graças a atuação de um deputado da base aliada, Bosco Carneiro, que ajudou a oposição a derrubar a emenda que previa a instalação do Tribunal de Contas dos Municípios dentro do Plano Plurianual do Estado para o período 2016-2019, cujo parecer foi votado na manhã desta quinta-feira(17). O placar foi de 4 a 3 em favor da derrubada. Os que ficaram a favor da emenda foram os deputados Buba Germano, Edmilsom Soares e Gervásio Maia. Votaram contra – Frei Anastácio, Tovar Correia Lima, Bruno Cunha Lima e João Bosco Carneiro Júnior. Já no Plenário da Casa a matéria foi aprovada, com o voto do presidente Adriano Galdino – pasmem – valendo por dois.

MARCOS MARINHO: ‘CÁSSIO NÃO PODE CRITICAR NINGUÉM EM RAZÃO DA SECA NA PARAÍBA

O jornalista Marcos Marinho, não gostou da critica do senador Cássio Cunha Lima, que andou censurando o governador Ricardo Coutinho por reunir um grande numero de pessoas para apoiar a presidente Dilma Rousseff e descuidar a seca que atinge toda a nossa Paraíba há cerca de sete anos. O jornalista Marcos, com uma memória privilegiada lembrou ao senador que ele foi dos mais negligentes, pois no governo ele Desviou, ou deixou roubar, canos e bombas compradas por Zé Maranhão para a adutora que despejaria água de Acauã na estação de tratamento de Gravatá, d’onde o campinense a receberia em suas torneiras. Naquela ocasião Marcos insistentemente registrou a irresponsabilidade de Cássio com, por exemplo, Acauã, a barragem gigante construída por Maranhão para evitar racionamento d’água na Borborema.
.
MARCOS MARINHO: ‘CÁSSIO NÃO PODE CRITICAR NINGUÉM EM RAZÃO DA SECA NA PARAÍBA II

Para tal problema o governador Ricardo Coutinho quando ainda confiava nele Cássio, solicitou ideias e sugestões. Mais ainda: nomes com competência técnica e moral para a gestão das águas do Estado. Naquela oportunidade, como gosta sempre de fazer o senador nem se fez de rogado e indicou o primo Moacir Rodrigues, irmão do prefeito Romero Rodrigues, para comandar a agência de águas do Estado, a AESA. O danado é que o dito cujo tão logo empossado entusiasmou-se. Nas rádios, notícia manhã, tarde e noite de cada dia. Em poucas semanas se descobriu o objetivo de tal figura, até então um ilustre desconhecido o mesmo revelou em alto e bom som: “sou candidato a deputado federal”, aviso que ocorreu na cidade de Galante e repercutiu em Campina e em todo o resto da Paraíba. Pior mesmo é que o dito cujo estava tão certo da força de Cássio e do irmão que para aparecer meteu criticas na Cagepa e no Governador que o nomeara a pedido dele Cássio. doo possível e diante do quadro trágico de tantos anos de seca o governador vem fazendo o que lhe é possível. Perguntinha: Por que será que Romero Rodrigue jamais criticou o governador com relação a seca na Paraíba e mais especialmente em Campina Grande?

PRE-CANDIDATA A PREFEITA, DIZ QUE A CIDADE DO CONDE SE TRANSFORMOU NUMA LIXEIRA.

Todo mundo sabe que desde a gestão do ex-prefeito Aluísio Regis, a cidade do Conde e suas praias sempre foram bem sujas, pois o lixo todo tempo fica espalhados pelas calçadas, como se não existisse a coleta diária . Nesta atual gestão é só passar em Jacumã, Coqueirinho ou Tambaba que se constatará que facilmente a sujeira espalhada em cada esquina., pois a Prefeita Tatiana.Correia, que criticava tanto a gestão anterior, conseguiu piorar muito mais tal quadro. Agora a pré-candidata do PSB para as disputas eleitorais da Prefeitura do Conde, a educadora Márcia Lucena veio a público e criticou a atual gestão da cidade. Ex-secretária estadual de Educação e atual presidente da Fundação Espaço Cultural, a professora Márcia Lucena lamentou que o município no litoral sul da Paraíba não tenha serviços públicos em pleno funcionamento – apesar da arrecadação tributária alta – e que esteja abandonado por gestores. “É um município que tem a quinta arrecadação do Estado. Isso já diz do potencial do Conde. Eu moro lá. Vou todos os dias há muitos anos. Entrar na cidade do Conde é como se estivesse entrando em uma lixeira, não somente pelo lixo, inclusive nas praias, mas o lixo traduzido na desordem, na ocupação da cidade.

ADRIANO GALDINO VERSUS TCE

Essa disputa entre o Governo do Estado, TCE e agora Assembleia Legislativa ainda vai dar muito pano para as mangas. Por ultimo o presidente do Poder Legislativo Adriano, ameaçou fiscalizar o Tribunal de Contas do Estado, recebendo de pronto a resposta do Conselheiro daquela Corte Fernando Catão que não disse cabe ao Legislativo fiscalizar o TCE. . É preciso conhecer um pouco mais de legislação para não agir como amador, curioso, é preciso conhecer o caráter técnico, se atualizar, talvez, ele não esteja atualizado com as informações sobre o TCE, Ministério Público e a própria Assembleia”, disse.

ADRIANO GALDINO VERSUS TCE II

O conselheiro em questão que é tio do senador Cássio Cunha Lima, é o mesmo que mandou aqueles números trocados com relação ao pessoal , para ser juntado ao processo que pede a cassação do Governador RC e foi ele também que inexplicavelmente no uso de suas atribuições como Conselheiro, se meteu na questão da construção do Shopping Intermares aqui em João Pessoa, mesmo sendo um empreendimento particular e num terreno também particular. Ele garantiu que o TCE está à disposição de Adriano Galdino, caso o socialista decida fazer uma fiscalização no órgão. “O TCE está cumprindo seu papel e estamos abertos para receber o presidente Adriano Galdino com todas as pompas e circunstâncias que ele merece”, Na mesma oportunidade Fernando Catão que é o relator das contas do governador referente ao exercício de 2015, estranhou que os advogados do governador alegando suspeição tenham peido a sua substituição.

O ESTELIONATO ELEITORAL DE EDUARDO CUNHA

No último pleito, Eduardo Cunha, com toda grana que hoje se sabe o mesmo possuir, deve ter contratado bons marqueteiros, pois naquela ocasião convenceu o eleitorado e se elegeu facilmente com o slogan ‘O defensor do povo’. Hoje se descobre que o mesmo a vida inteira na verdade defendeu e muito bem apenas os seus interesses e da sua família, tanto que deixou lá fora bem guardados cerca de R40 milhões, frutos de propinas de escusos negócios com o dinheiro público, ou seja, nosso. Em que pese ser uma profissão na qual a criatividade é realmente o forte para o profissional que nela trabalha, infelizmente o marketing produz e prega essas peças na gente.

WILMAR UCHOA CHAMA A ATENÇÃO QUE OS PETISTAS E SEGUIDORES SEMPRE FAZEM MANIFESTAÇÕES NOS DIAS DE EXPEDIENTES

‘Já perceberam que os participantes das manifestações contra Dilma e PT realizam seus eventos nos finais de semanas? Já os integrantes das manifestações pró-Dilma, só “atuam” nos dias de semanas e nos horários de “picos”. Eis porque os vermelhos chamam tanto atenção e fazem bem mais barulho’ Pois é Wilmar, eles tentam fazer barulho durante o expediente, para criarem no tumulto na locomoção das pessoas e assim passarem a impressão de que se trata de uma grande manifestação o que com certeza não foi o caso daquela da quarta-feira, já que mesmo com transporte grátis, carro de som, sanduíche de mortadela e K-suco o movimento foi um fiasco em todas as cidades. A manifestação no meio da semana serviu apenas para comprovar o que sempre se soube, os ditos cujos não trabalham, ou seja, vivem no ócio , no máximo alguns são aspones em algum órgão dirigido pelo PT.

ALBERGIO GOMES MEDEIROS FALA DE APEAR DILMA DO PODER

‘Só para encerrar esse tema, já tão enfadonho e exaustivo, e contando com o perdão dos amigos que pensam diferente, mas não faz nenhum sentido para mim essa tese de deixar uma presidente no poder quando nem ela mesma faz distinção entre o partido da qual é umbilicalmente ligada e a Chefia do Executivo. Não há como ela ser indene e sair incólume de contaminação dessa sujeira e lama toda. Ela pode pessoalmente não ter feito nada, mas só a omissão nesse tempo todo, sem falar nem nas veementes negativas e defesas de corruptos que integravam a Petrobrás e outras, para mim já é o bastante para que seja apeada do Poder, e tomara seja. O que não faz sentido é uma senhora com notório déficit cognitivo continuar no comando de um país, sem credibilidade a não ser dos poucos (7%) que ainda acreditam ser ela competente e inocente. Perdão, mas essa não cola.’ Meu caro Albergio, desses 7% por cento, existem aqueles que tiram proveito como aspone de algum órgão publico e também os alienados, em razão de verdadeiras lavagens cerebrais, que vêm recebendo ao longo dos anos. É a chamada turma do sanduíche de mortadela, um exército bem barato e montado pelo PT, como fez Evo na Bolívia e Maduro na Venezuela. Felizmente esse regime bolivariano tá caindo de maduro em toda parte e aqui e aqui no Brasil a mulher sapiens, já deu provas cabais de sua total incapacidade administrativa, sem falar nos crimes de responsabilidade que cometeu e a tolerância que sempre teve com os saqueadores dos cofres públicos.

OS PODERES PODRES DA REPÚBLICA NÃO SÃO INDEPENDENTES – CLAUDIONOR SILVEIRA

Claudionor Silveira é um amigo e também colega de profissão, tendo sido ele diretor Geral da Polícia Civil de Rondônia e sempre se manifesta sobre tudo aquilo que não concorda o fazendo sempre com muita exatidão e acima de tudo com coragem. Claudionor a partir deste ponto: ‘Os poderes podres da Republica não são independentes, e nem harmônicos entre si, o Executivo manda no Judiciário e este, manda no Legislativo. Por sua vez o Legislativo é uma vaquinha de presépio. poder podre e figurativo. Imaginando esses poderes podres, um circo: o Executivo é o da bilheteria, só arrecada; o Judiciário é o domador que senta a chibata nos bichos para que eles ajam como quer o domador, o Legislativo são os bichos, os palhaços (sem graça nenhuma) mas têm que fazer tudo o que o dono do circo quer. e nós (povo) somos a plateia, ali sentadinhos só aplaudindo…’

Daudeth Bandeira e José de Souza Dantas, do livro: Invenções e descobertas em estilo cordel:

‘Na Síria foram criadas a CHAVE e a FECHADURA há mais de quatro mil anos, essa indelével cultura não traz desleixo nem queixa relativamente deixa a nossa vida segura.’

Esta coluna é publicado no http.www.blogdopedromarinho.com e em quatro portais.

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


3 × = três