TODAS AS CATEGORIAS

Paraíba gera 31,1 mil novos empregos formais em 2013, diz MTE

empregoA Paraíba gerou 31.195 novos empregos com carteira assinada no acumulado dos doze meses de 2013, segundo dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) na segunda-feira (18). Os dados são da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e informam que o número de pessoas empregadas subiu de 628.047 para 659.242 no estoque do Estado. O crescimento paraibano ficou acima da média do Brasil (3,14%) e do Nordeste (3,64%).

A maior taxa de crescimento (10,67%) foi no setor de agropecuária, saltando de 12.360 para 13.679 postos de trabalho entre 2012 e 2013. Os demais setores que apresentaram aumento na geração de empregos foram: construção civil, com alta de 6,86%; serviços com a elevação de 6,26%; comércio com alta de 5,30%; o setor da administração pública com alta de 4,91%; e indústria de transformação com 1,37%.

No ranking da geração de empregos, a Paraíba ficou em 4º lugar no Nordeste no ano passado, ficando atrás apenas das três maiores economias da região: Bahia (58.286), Ceará (72.275) e Pernambuco (63.835). Em taxas de crescimento relativo, a Paraíba registrou a terceira maior da região. A Rais mostrou ainda que, do total dos 659.242 paraibanos empregados, mais de 57,46% eram trabalhadores homens (378.816) e 42,53% eram mulheres (280.425). A remuneração média do paraibano somou R$ 1.646,58.

No acumulado dos três anos (de 2011 a 2013), a Paraíba já gerou 79.738 empregos com carteira assinada, segundo dados consolidados pela Rais. Os setores que mais empregaram na Paraíba até dezembro do ano passado foram a administração pública (256.238); serviços (151.454); comércio (100.731) e a indústria de transformação (81.024).

G1/PB

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar