OSMJPA Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP) continua sua temporada de concertos 2017 neste sábado (8). Dessa vez, a apresentação acontece a partir das 18h no auditório Celso Furtado – Centro Cultural Ariano Suassuna – anexo ao Tribunal de Contas do Estado, no bairro de Jaguaribe. A regência é do maestro Laércio Diniz, com participação especial do solista paraibano Iberê Carvalho.

O programa executará obras dos compositores Paulo Gazzaneo, Radames Gnattali e Beethoven (confira programa abaixo). “A suíte brasileira ‘Instantâneos’ retrata pequenos flashes de alguns ritmos da música brasileira, utilizando-se da textura musical tonal utilizada pelos compositores brasileiros do século XIX, resgatando a memória de alguns autores como Francisco Braga e Alberto Nepomuceno”, ressaltou o maestro Laércio Diniz.

Em seguida, a Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa apresenta o ‘Concerto para viola e cordas’, que foi dedicado por Radamés Gnattali ao violista húngaro Perez Dworecki. Considerado um dos mais importantes concertos para viola do repertório brasileiro, é estruturado em três movimentos e tem características neoclássicas. “Neste trecho, teremos a participação do solista paraibano Iberê Carvalho, que hoje reside em Berlim e representa a Paraíba na Europa”, disse.

Na terceira e última etapa do programa, os músicos fazem uma homenagem a Ludwig van Beethoven, com sua Sinfonia n° 8. “Ser a mais curta de suas sinfonias e não possuir um movimento lento são algumas características da sinfonia n° 8, que foi recebida pelo público como um retorno aos padrões sinfônicos clássicos. Uma obra que guarda tesouros inestimáveis escondidos em cada movimento”, afirmou o maestro.

 Maestro Laércio Diniz – Maestro e diretor artístico da Orquestra Filarmônica do Brasil “FIBRA” e da orquestra de época “Engenho Barroco”, em 2011 assume a regência da orquestra holandesa New NetherlandsOrchestra” (formada por músicos da Orquestra Filarmônica da Radio Holandesa) com a qual grava o seu primeiro DVD pelo selo “Aureus records”. Em 2013, assume a Regência e direção artística da recém criada Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa e a direção artística do primeiro Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa.

Iberê Carvalho – Nascido em João Pessoa (PB), iniciou seus estudos de violino com a professora Ana Elizabeth no método Suzuki e de viola aos 14 anos com o professor Magno Job. Ingressou em 2010 no curso de Bacharelado em Viola na Universidade Federal de Minas Gerais sob a orientação do professor Carlos Aleixo, e pertencendo a classe de música de Câmara dos professores Celina Szvrinsk e Miguel Rosselini. Participou de importantes festivais no Brasil e máster classes com professores renomados de viola no Brasil e no mundo. Desde 2015, Iberê Carvalho reside na Alemanha, onde aperfeiçoa seus estudos com renomados professores e representa a Paraíba na Europa.

Secom/JP

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


6 − = quatro