A parceria entre o The Intercept e o jornalista Reinaldo Azevedo trouxe mais uma bomba: a revelação de que o ex-juiz Sergio Moro, que atuou como chefe da acusação contra Lula, e não como magistrado imparcial, decidiu que procuradores deveriam interrogar o ex-presidente, em mais um crime que terá que levar à anulação do processo.

O jornalista Reinaldo Azevedo, em parceria com o site The Intercept, revelou novos diálogos envolvendo o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o procurador da Lava Jato, Deltan Dallaganol, no escândalo da Vaza Jato; Na conversa com o procurador, Moro interfere na composição da bancada de procuradores que iriam interrogar Lula. e a procuradora Laura Tessler foi afastada da oitiva com Lula a pedido de Moro. No entanto, em audiência no Senado, Moro disse que não interferiu, em nenhum momento, no processo.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here