JOÃO PESSOA

Milhares de pessoas acompanharam shows do réveillon no Busto de Tamandaré

Milhares de pessoas escolheram se despedir de 2019 e entrar 2020 no Busto de Tamandaré, onde a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realizou o maior réveillon da história da Capital – o show da virada reuniu atrações musicais, entre elas o cantor Mano Walter, e show pirotécnico com duração de dez minutos de queima de fogos. O evento também marcou o encerramento da programação da ação ‘Cidade que tem mais oportunidades’, um conjunto de iniciativas para estimular a economia da capital no período de fim de ano.

“Foram mais de dez eventos acontecendo na cidade dentro da programação de fim de ano, que contemplou todos os públicos, desde o Festival Internacional de Música Clássica, passando pelo Festival Louvor e Adoração, além das atrações de Natal e réveillon”, disse Hidelvânio Macedo, chefe de Gabinete Municipal, representando o prefeito Luciano Cartaxo no evento. “Esse ano de 2020 será de muito mais trabalho, com ritmo intenso de ações pelos mais diversos bairros da cidade”, projetou.

Com pé na areia ou espalhada por vários pontos, a multidão tomou conta da orla de Cabo Branco para acompanhar os shows da noite. Primeiro foi a DJ Danny Andrade, em seguida Kevin Ndjana. A música só parou por alguns instantes, para o público acompanhar a queima de fogos que coloriu o céu da Capital anunciando a chegada do ano novo. Já era 2020 quando Mano Walter subiu no palco para fazer um show empolgante, cheio de sucessos do momento. A noite ainda teve a Banda Nagibe e DJ Mermaid.

“Muitas músicas que eu retratam a vida no campo e muita gente se identifica. Aqui, na Paraíba, é sempre muito bom, é um lugar que me recebe com um carinho imenso”, disse o cantor Mano Walter, que incluiu no show canções de Gabriel Diniz, como uma forma de homenagem ao cantor adotado por João Pessoa, que faleceu em 2019. “É uma cidade que recebeu o Gabriel, portanto, não poderia deixar de cantar alguns dos seus sucessos, num lugar todo especial”, concluiu Mano Walter. Quem escolheu o Busto de Tamandaré para comemorar a chegada do ano novo não se arrependeu, é o que garante a estudante Ana Patrício Nunes. “Muita energia positiva, as pessoas se divertindo num clima de paz, curtindo a música e se confraternizando”, disse a jovem acompanhada de um grupo de amigos. “Só hoje a gente viu vários estilos diferentes tocando e as pessoas acompanhando, se divertindo. Acho que a Prefeitura acertou, está tudo muito legal e organizado”, concluiu.

Entre as milhares de pessoas presentes teve quem participou do Show da Virada no Busto de Tamandaré pela primeira vez, mesmo morando na Capital há muito tempo. O comerciante Silvio de Luna levou esposa e os dois filhos para a festa, para viver uma noite “inesquecível”, garante. “Sempre acompanhei pela televisão. Tinha vontade mas acabava deixando para comemorar na casa de familiares. Desta vez eu quis ver de perto, sentir essa energia e foi uma experiência realmente para não esquecer jamais”, afirmou.

Transmissão – O Show da Virada foi transmitido ao vivo pela TV Cidade João Pessoa, emissora institucional da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Pelo canal 8 da Net, Youtube e as redes sociais Facebook e Instagram, paraibanos puderam acompanhar a noite histórica no Busto de Tamandaré. “Depois de um 2019 com tantas conquistas, o que vimos nessa orla tomada por uma multidão mostra que o pessoense está cheio de energia para as vitórias que estão por vir em 2020. E um momento desses não podia deixar de ser registrado pelas lentes de nossa TV, tão sintonizada nessa alegria contagiante de nosso povo”, disse o diretor geral da emissora, Luis Alberto Guedes.

Estrutura – Além do palco com 18mx14m, a festa de Réveillon na Capital contou com painéis de LED nas laterais para transmissão simultânea dos shows, uma housemix – área exclusiva para as equipes técnicas das emissoras de TV –, além de posto médico e atendimentos diversos para o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Segurança e apoio – Além da Guarda Civil Municipal, a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros fizeram trabalho de segurança do público. Várias secretarias municipais estiveram envolvidas na organização, como Infraestrutura (Seinfra), Meio Ambiente (Semam), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Comunicação (Secom), Saúde (SMS), Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e Funjope.

Secom-JP

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE