BRASIL

Mandetta diz que só deixa o cargo se for demitido

247 – O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou a interlocutores que só deixará o cargo se for demitido em meio à crise na saúde por causa da pandemia do coronavírus. A informação é do Blog do Vicente, no Correio.

O titular da pasta não esconde a insatisfação com toda a polêmica criada por Jair Bolsonaro, que novamente classificou a pandemia como uma “gripezinha”. Também posicionou-se contra o isolamento social.

A ala mais radical do Planalto, liderada pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), diz a apoiadores que o sucessor de Mandetta está escolhido: será Antonio Barra Torres, atual presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE