Luzenira vence diretório municipal do  PTO PT de João Pessoa será comandado pela primeira vez por uma mulher, a sindicalista Luzenira Alves. Ela obteve 65% dos votos na votação do PED que ocorreu neste domingo, 9, no Lyceu Paraibano, com 491 votos. Josenilton Feitosa, candidato do grupo de oposição Muda PT, obteve 375 votos. O DIARIOPB traz uma cobertura especial com os repórteres Dalmo Oliveira, João Rafael e Sérgio Ricardo.

A nova presidenta recebeu o apoio do movimento sindical local, com a CUT e o apoio luxuoso do vereador Marcos Henriques. A chapa da oposição, MUDA PT, obteve uma votação de mais de 35% e vai compor um colegiado que dirigerá o diretório municipal da capital com a Gestão de Luzenira.

Para o Diretório Estadual, o quadro mudou e o CNB, agrupamento de Luzenira, deverá perder a hegemonia na executiva do Partido. O congresso estadual da legenda deve consolidar o nome de Marenilson Batista, do Muda Partido, para o lugar agora ocupado por Charliton Machado. Batista recebe apoio dos deputados Luiz Couto, Frei Anastácio e Anísio Maia.

A votação em João Pessoa transcorreu tranquila. A eleição do PED deu oportunidade para que antigos militantes se encontrassem presencialmente. Luzenira atraiu o movimento de mulheres e conquistou o chamado “voto de gênero”. Feitosa concentrou os votos dos movimentos sociais, mas não conseguiu penetrar também no corporativismo sindicalista.

Mais de 150 municípios paraibanos também realizaram ontem eleições internas do PT. Em João Pessoa, filiados vinculados ao prefeito Luciano Cartaxo, que deixou o PT e se encontra filiado agora ao PSD, foram mobilizados para o PED, e fizeram à diferença na vitória do CNB na capital.

Durante todo o dia verificou-se o transporte intenso de eleitores e até microônibus foram locados para levar os votantes ao local das urnas. Pessoas filiadas há vários anos ao PT não encontraram seus nomes nas listas de votação. Mesmo com a vitória, em João Pessoa, da ala mais conservadora, as mudanças na direção do PT paraibano parecem ser inevitáveis. A legenda deve caminhar de volta para o pólo da Esquerda.

Os resultados das eleições para a direção do PT vão ter impacto direto no quadro eleitoral de 2018. Até a próxima quarta-feira, a comissão eleitoral deverá divulgar o resultado final das eleições para todos os diretórios municipais e o número de delegados que cada força interna terá para o Congresso Estadual, onde será escolhido o presidente estadual da legenda.

por Dalmo Oliveira

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


− cinco = 2