JUSTIÇA

Justiça penhora R$ 100 mil do empresário Valdemiro Santiago

Além disso, o empresário enfrenta diversos processos pelo não pagamento de direitos trabalhistas. Funcionários chegaram a entrar em greve reivindicando salários atrasados

A Justiça de São Paulo penhorou cerca de R$ 100 mil das contas bancárias do empresário evangélico Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus.

De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo, a decisão foi tomada pelo juiz Nemércio Rodrigues Marques em razão de uma dívida da igreja no pagamento dos aluguéis de um templo na cidade de Sertãozinho, no interior paulista. O imóvel de 354,34 m² foi alugado pela igreja em 2017.

Além disso, o empresário enfrenta diversos processos pelo não pagamento de direitos trabalhistas. Funcionários chegaram a entrar em greve reivindicando salários atrasados.

A Mundial chegou a fazer um acordo na Justiça com a empresa Branca Holding, proprietária do prédio, para o pagamento da dívida, mas não o cumpriu.

A empresa, então, solicitou à Justiça que o apóstolo fosse incluído no processo de execução, argumentando que ele é sócio oculto da igreja e que existem indícios de confusão entre os patrimônios da Mundial e do líder religioso.

Valdemiro Santiago disse à Justiça não participar da administração da igreja e que não tem responsabilidade alguma sobre o contrato de aluguel.

Brasil 247

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar