Justiça FederalA Justiça Federal na Paraíba conveniou com a Academia de Cordel do Vale do Paraíba a implantação do projeto “Biblioteca Viva”, que consiste na instalação de expositores para troca de livros usados nas dependências do órgão na rua João Teixeira de Carvalho, 480, no bairro Pedro Gondim em João Pessoa.

O projeto “Biblioteca viva” teve início no Fórum Civil Dr. Mário Moacyr Porto e será instalado em outros locais na capital da Paraíba e cidades do interior, com o objetivo de dar acesso público ao acervo da Biblioteca da Academia, em ação destinada a disseminar conhecimento e gosto pela leitura. “Temos livros para troca e doação, lembrando que estamos em campanha permanente para arrecadar mais exemplares e dar continuidade ao projeto”, disse Fábio Mozart, um dos coordenadores.

A Academia de Cordel do Vale do Paraíba é uma organização social de natureza cultural sem fins lucrativos, engajada em ações relacionadas à propagação do gosto pela leitura e difusão da literatura de cordel paraibana. É responsável pela gestão operacional do Projeto Biblioteca Viva, em parceira com órgãos públicos, escolas e outras instituições da sociedade civil. “Estamos em vias de estabelecer parceria com o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba para implantação do projeto naquele órgão”, informou Sander Lee, Presidente da Academia.

A inauguração do expositor do Projeto Biblioteca Viva tem solenidade marcada para 15 horas na sede da Justiça Federal em João Pessoa nesta segunda-feira, 17 de abril.

DPB com Fábio Mozart

 

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


dois × = 4