Jackson do PandeiroInteressados têm até o dia 15 para se inscrever. Espetáculo O Marco do Rei do Ritmo será apresentado no Festival Internacional de Música de Campina Grande

O ano de 2019 já começa com boas notícias para a cena artística de Campina Grande e Região. Até o dia 15 de janeiro, atores, cantores e bailarinos terão a oportunidade de se inscrever para as audições do espetáculo O Marco do Rei do Ritmo – Um Musical em Cordel, de autoria de Astier Basílio, que irá celebrar o centenário do ilustre ritmista paraibano Jackson do Pandeiro. O musical tem estreia prevista para o mês de junho, durante a décima edição do Festival Internacional de Música de Campina Grande (FIMus).

Os interessados em participar da seleção para o espetáculo devem efetuar inscrição exclusivamente pela internet, por meio do preenchimento de formulário eletrônico. Os currículos serão analisados por uma comissão composta por profissionais de diversas áreas. Os nomes dos pré-selecionados serão divulgados entre os dias 16 e 17, com audições realizadas nos dias 18 e 19, no Teatro Municipal Severino Cabral. O resultado final será publicado no dia 21, na página do FIMus.

Serão selecionados até 40 artistas para integrar o elenco do espetáculo. Os participantes terão aulas e cursos de formação individuais e coletivos e poderão atuar como figurantes, integrar os coros e/ou interpretar um ou mais personagens do musical. Entre eles, estão artistas amigos e parceiros de Jackson do Pandeiro, como Gonzagão, o Rei do Baião; Caetano Veloso; Gilberto Gil; e Edgar Ferreira; além do protagonista do espetáculo e seus familiares, como a mãe Flora e a esposa Almira.

Para o professor do curso de Música da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Vladimir Silva, que assina a direção musical do espetáculo, o musical O Marco do Rei do Ritmo será marcado por ingredientes característicos da figura de Jackson do Pandeiro, como alegria, música e bom humor, oferecendo à cidade Campina Grande e Região um espetáculo propício para a época junina.

“Será a primeira produção do FIMus no campo dos musicais e, para tanto, contamos com a participação de nomes relevantes da área, incluindo Saulo Queiroz, que ficará à frente da direção cênica, e Danilo Guanais, que está compondo a trilha original do espetáculo. O processo seletivo para o elenco será dividido em três partes. Na primeira, analisaremos os currículos do candidatos. Na segunda, a desenvoltura deles, que terão que cantar, interpretar e dançar durante a audição. Na última etapa, após um mês de curso de formação, distribuiremos os personagens entre o elenco. A meta é ensaiar por quatro meses e estrear o musical em junho, dia 12, durante O Maior São João do Mundo”, explica Vladimir.

Mais informações podem ser obtidas no edital de seleção do elenco e com a Affins Produções Artísticas, responsável pelo processo, através do e-mail: affinsproducoes@gmail.com.

Sobre Jackson do Pandeiro - Batizado como José Gomes Filho, Jackson do Pandeiro nasceu em 31 de agosto de 1919 em Alagoa Grande, PB. Passou boa parte da vida em Campina Grande, onde foi engraxate, ajudante de padaria e deu início à sua carreira como músico. O apelido de Jackson foi inspirado em um personagem americano de filme de faroeste (Jack Perry). Fez grandes parcerias com Luiz Gonzaga, Edgar Ferreira e Rosil Cavalcanti, sendo considerado o maior ritmista da música brasileira. Morreu de embolia pulmonar e cerebral em 10 de julho de 1982, aos 62 anos, em Brasília.

Assessoria

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO