FESTIVAL INDIGINAUm olhar sob a perspectiva de fomentar e valorizar, ainda mais, a cultura indígena do Povo Potiguara do município da Baía da Traição, constituindo-se em valioso elemento histórico, artístico, cultural e antropológico do país. Assim, o atual prefeito da localidade, Sérgio Lima, entendeu que esta Nação, por muito relegada ao ostracismo, merece ser reconhecida e conhecida pelo país e por outros povos.

Com esse objetivo o gestor, em parceria com as demais pastas do Poder Executivo, elaborou o Primeiro Festival Indígena dessa etnia na Paraíba, a ser realizado entre os dias 17 e 23 de abril. Segundo Sérgio Lima, o Festival, visa, principalmente, “despertar e valorizar a cultura Potiguara, resgatando, assim, a autoestima desse povo, e aproximar esse universo para os paraibanos, turistas e visitantes de nosso município”. No mesmo diapasão do gestor, o secretário de Turismo da Baía da Traição, Aluízio José de Lorena, definiu o evento como sendo um ´”divisor de águas, no qual a valorização de tão rica cultura será apresentada para o público de forma ativa e participativa”.

Na concepção do secretário para Assuntos Indígenas baianense, Isaías Potiguara, a atual gestão “vem com um novo olhar. Algo que estava perdido há muito, havendo o princípio do resgate do nosso povo sob todos os aspectos”. Observou. Já o secretário de Esportes, Ricardo Júnior, informou que o evento conta com a “retomada entre a Nação Potiguara e os demais paraibanos”, algo corroborado pelo subsecretário da sua pasta, Saulo Carvalho: “Enquanto surfista profissional, frequento a Baía da Traição desde de garoto, não lembrando, em minha memória, evento dessa magnitude”, finalizou.

PROGRAMAÇÃO (sujeito a alteração, em conformidade com a demanda)

Dia 17

Manhã

8h Atividade nas escolas

Educação Infantil (Creche, Pré I e Pré II)

- Oficinas de pinturas, colagens, desenhos, brincadeiras, brinquedos, músicas e lendas indígenas.

Fundamental I (1º ao 5º)

- Oficinas de Plantas medicinais, músicas, brinquedos, lendas, instrumentos, artesanato, ritual do Toré.

Fundamental II (6º ao 9º)

14h Atividade nas Escolas

Educação Infantil (Creche, Pré I e Pré II)

- Oficinas de pinturas, colagens, desenhos, brincadeiras, brinquedos, músicas e lendas indígenas.

Fundamental I (1º ao 5º)

- Oficinas de Plantas medicinais, músicas, brinquedos, lendas, instrumentos, artesanato, ritual do Toré.

Fundamental II (6º ao 9º)

Oficinas de fotografias e vídeos, memória, patrimônio, músicas, ritual do Toré, instrumentos, artesanato e teatro indígena.

Dia 18

8h Atividade nas escolas

Educação Infantil (Creche, Pré I e Pré II)

- Oficinas de pinturas, colagens, desenhos, brincadeiras, brinquedos, músicas e lendas indígenas.

Fundamental I (1º ao 5º)

- Oficinas de Plantas medicinais, músicas, brinquedos, lendas, instrumentos, artesanato, ritual do Toré.

Fundamental II (6º ao 9º)

Oficinas de fotografias e vídeos, memória, patrimônio, músicas, ritual do Toré, instrumentos, artesanato e teatro indígena.

14h Atividade nas Escolas

Educação Infantil (Creche, Pré I e Pré II)

- Oficinas de pinturas, colagens, desenhos, brincadeiras, brinquedos, músicas e lendas indígenas.

Fundamental I (1º ao 5º)

- Oficinas de Plantas medicinais, músicas, brinquedos, lendas, instrumentos, artesanato, ritual do Toré.

Fundamental II (6º ao 9º)

Oficinas de fotografias e vídeos, memória, patrimônio, músicas, ritual do Toré, instrumentos, artesanato e teatro indígena.

Dia 19

Comemoração do dia do Índio

Local: Aldeia de São Francisco

Dia 20

Manhã:

10h – SOS SINIMBOficinas de fotografias e vídeos, memória, patrimônio, músicas, ritual do Toré, instrumentos, artesanato e teatro indígena.

10h – Solenidade de Abertura do Festival Indígena Potiguara com apresentação da maquete do Monumento Religioso de São Miguel Arcanjo

Local: Ruinas da Igreja de São Miguel

Tarde

Plantio de mudas

Coleta de Lixo nas margens do Rio Sinimbú

Um pouco sobre o município – Baía da Traição é um município do estado da Paraíba, no Brasil. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, no ano de 2016 sua população era estimada em 8.951 habitantes. Cerca de 90% do município está dentro de reservas indígenas dos Potiguara.

Dia 21

Manhã

8h Jogos Indígenas

Local: Praia da Trincheiras

Tarde

14h Jogos Indígenas

Local: Praia da Trincheiras

17h Feira de Artesanato Indígena

17h Festival Gastronômico Indígena

Noite

22h Show Musical – Forró Zabumbado

Local: Praça Central José Barbosa

Dia 22

Manhã

6h Realização do campeonato de Pesca Amadora

Local: Prainha

8h Jogos Indígenas

Local: Praia das Trincheiras

Tarde

14h Jogos Indígenas

Local: Praia da Trincheiras

17h Feira de Artesanato Indígena

17h Festival Gastronômico Indígena

Noite:

22h Show Musical com Falange Nordestina

Local: Praça Central José Barbosa

Dia 23

Manhã

6h Realização do Campeonato de Pesca Amadora

Local: Praia de Coqueirinho

Tarde

17h Confraternização com Show Musical com Eduardo Leandro e Banda

Entrega das Premiações dos Jogos Indígenas, entrega da premiação do Festival Gastronômico.

Local: Mercado Público

DIÁRIOPB com assessoria

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


um × 2 =