O mês de setembro é dedicado à conscientização sobre a prevenção ao suicídio, chamado ‘Setembro Amarelo’. Apesar de o tema ser amplamente divulgado na mídia neste período, esta temática ainda é tabu em muitos lugares. Para desmistificar essa ideia e o problema começar a ser tratado como saúde pública, o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, vai realizar palestras e diálogos com os colaboradores por meio do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho da instituição (Sesmt).

De acordo com dados do Ministério da Saúde, são registrados por ano 12 mil suicídios no Brasil e em torno de um milhão no mundo. A psicóloga do Sesmt, Magdeline Lima, explicou que o suicídio é uma realidade que não pode ser negada. “A maioria dos casos está relacionada a transtornos mentais, como depressão, transtorno bipolar e abuso de substâncias psicoativas. É importante que as pessoas que estejam passando por momentos de crise busquem ajuda. O ideal é um acompanhamento psicológico e psiquiátrico, além do apoio da família e dos amigos”, ressaltou.

O Sesmt vai realizar durante todo o mês de setembro palestras e diálogos com os colaboradores, tanto do Hospital de Trauma quanto do Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (Htop), com o objetivo de refletir, desmistificar e prever o suicídio. Magdeline explicou ainda que por meio do diálogo e conhecimento dessa realidade é que se pode prevenir a ideação suicida e ajudar as pessoas que estejam passando por este tipo de sofrimento. “Para este ano, além de falar das causas do suicídio, também falaremos especificamente sobre a depressão, pois 96% das pessoas que idealizam ou cometem suicídio estavam com este transtorno anteriormente”, frisou.

O Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho da instituição oferece serviço médico ocupacional de segunda à sexta-feira, sempre às tardes. Também conta com atendimento psicológico duas vezes por semana, nas segundas e quartas-feiras. Quando há necessidade de atendimento psiquiátrico, a psicóloga do setor realiza encaminhamento a um hospital mais próximo. O setor também oferece serviço de Fisioterapia nas terças e quintas.

Assessoria

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here