hamasO grupo islâmico palestino Hamas convocou nesta quinta-feira uma nova insurreição contra Israel depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu Jerusalém como capital israelense.

“Nós devemos convocar e nós devemos trabalhar em lançar uma intifada em face ao inimigo sionista”, disse o líder do Hamas, Ismail Haniyeh, durante discurso em Gaza.

Haniyeh, eleito líder geral do grupo em maio, pediu que palestinos, muçulmanos e árabes se manifestem contra a decisão dos Estados Unidos na sexta-feira, que chamou de “dia da raiva”.

“Deixem 8 de dezembro ser o primeiro dia da intifada contra o ocupante”, disse.

Israel e os Estados Unidos consideram o Hamas, que lutou em três guerras contra Israel desde 2007, uma organização terrorista. O grupo não reconhece o direito de existência de Israel e seus ataques suicidas ajudaram a encabeçar sua mais recente intifada, de 2000 a 2005.

Brasil 247

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


× quatro = 28