Frei fora cunha e temerO deputado estadual Frei Anastácio (PT) apresentou requerimento, na Assembleia Legislativa, solicitando que a Casa aprove Moção de Repúdio, cumulada com pedido de renúncia do presidente da República, Michel Temer, ao cargo que ocupa, diante dos escândalos que abalaram o Brasil de ontem para hoje.

 “Esse presidente não tem mais moral para assinar um papel, se quer, tem que ser posto para fora do governo”, disse o deputado.

De acordo com Frei Anastácio, o mandato desse presidente ilegítimo terminou ontem, dia 17, diante do envolvimento dele com o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. “O Brasil precisa ser passado a limpo. Esse presidente tem que renunciar e o país passar por eleições diretas”, afirmou.

Segundo o deputado, ontem (17), o Brasil anoiteceu perplexo com todo esse ‘mar de lama’. “No dia de hoje (18), consolidam-se as graves acusações contra o atual Presidente da República. Isso é um processo danoso que tenta obstruir atos do Judiciário, no trabalho de investigação de pagamentos de mesadas por parte de empresários ao ex-deputado Eduardo Cunha, na tentativa de comprar o silêncio do ex-deputado”, disse.

Frei Anastácio afirma que diante de tudo isso, a Assembleia Legislativa não pode se furtar de assumir uma posição política firme e de respeito ao ordenamento jurídico pátrio e ao povo paraibano, ao qual representa. “Temer já é passado. No Senado, hoje, os senadores já discursaram contando com ele fora do governo. O país precisa de um presidente eleito pelo povo”, disse.

Assessoria

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


+ 4 = sete