POLÍTICA

Frei Anastácio denuncia que Bolsonaro vai diminuir lista de doenças que dão direito a benefícios no INSS

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) denuncia que Bolsonaro prepara mais um ataque contra a população, com a diminuição da lista das doenças que dão direito a licença remunerada e aposentadoria no INSS.

O Governo Federal já publicou no Diário Oficial da União, a criação de grupo de estudo para avaliar e desconsiderar doenças que podem sair da lista de direitos que a população tem para requerer os benefícios na Previdencia Social.

“A medida estudada pelos Ministérios da Saúde e da Economia é uma afronta à luta de direitos já conquistados. Como um trabalhador afastado por doença sobreviverá sem o auxílio, enquanto espera o período de carência? Mais uma medida que mostra que o Governo Federal vê o trabalhador apenas como mais um custo”, lamentou o deputado.

De acordo com o deputado, a lista de doenças que garantem aposentadoria por invalidez também está sendo revisada. Atualmente, algumas das doenças que não precisam do período de carência são tuberculose ativa, hanseníase, alienação mental, esclerose múltipla, hepatopatia grave, cegueira, paralisia irreversível e incapacitante, cardiopatia grave, doença de Parkinson, entre outras.

“Essa forma de governar tem que ser barrada e essa está sendo a nossa luta! Não podemos aceitar que mais direitos, principalmente, dos que mais precisam, sejam retirados”, concluiu Frei Anastácio.

O congressista reafirmou que será uma voz firme, na Câmara, contra mais esse golpe de Bolsonaro contra a população.

Assessoria

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE