ENTRETENIMENTO

Festival de Arte e Cultura Preta acontece em JP com foco no combate à intolerância religiosa

O Festival de Arte e Cultura Preta na Paraíba – Contra a intolerância religiosa, realiza sua primeira edição no sábado (25), na Usina Cultural Energisa, a partir das 16h, onde acontecerão roda de conversa, feira artística e apresentações musicais que têm a cultura negra como base.

O objetivo do evento é chamar atenção para o crescimento de casos de terrorismo religioso, principalmente voltados às religiões de matriz africana. A ideia é lançar luz sobre os casos, discutir caminhos e buscar fortalecer aqueles que têm na Umbanda e Candomblé suas expressões de identidade e cultura.

“Nossa principal vontade é unir e fortalecer as pessoas que entendem que a intolerância religiosa é muito mais do que um crime, é algo inaceitável dentro da nossa sociedade”, enfatizou Rodrigo Melo, um dos organizadores do evento.

A partir das 16h será aberta a Feira Preta, que conta com artistas que comercialização produtos afro, artesanato, biojóias, crochê, quadros, adereços religiosos e comidas; às 16:30 será iniciado o diálogo “Uma voz sobre o ancestral” que será conduzido por Mãe Tuca de Oxaguiã e pela Ekedji Adélia Gomes de Oyá e a partir das 17h começam as apresentações musicais com a dupla Jany Santos & Zé Reinaldo, seguidos de Coco de Oxum e Ronald Vaz e fechando com a Banda Adarrum.

Serviço:

Festival de Arte e Cultura Preta na Paraíba
Dia: 25/01
Hora: a partir das 16h
Local: Usina Cultural da Energisa.
Ingressos: R$20,00 (inteira), R$10,00 (meia)

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE