golpe de 1964O Instituto Datafolha divulgou pesquisa que aponta que a maioria da população despreza o golpe militar de 1964 e que o presidente Jair Bolsonaro determinou que fosse comemorado nas unidades militares de todo o país. Segundo a pesquisa, realizada entre dias 2 e 3 deste mês, 57% dos 2.086 entrevistados rejeitaram a iniciativa e outros 36% se disseram favoráveis. Outros 7% não souberam responder ou não quiseram opinar sobre o assunto.

Ainda conforme o levantamento, 64% das pessoas de 16 a 24 anos, são contrários à comemoração do golpe, contra 42% dos que acham que a data deve ser celebrada. A rejeição é ainda maior (67%) entre os que possuem ensino superior e chega a 72% entre pessoas com renda familiar mensal superior a dez salários mínimos. Já os que acham que a data deve ser comemorada, encontra eco entre 43% dos que têm ensino fundamental e 39% dos que têm renda mensal familiar de até dois salários mínimos.

Nesta semana, uma outra pesquisa, a Atlas Político, feita com 2.000 pessoas entre os dias 1 e 2 de abril, apontou que o percentual dos brasileiros insatisfeitos com o governo Jair Bolsonaro é superior à aprovação dele: 31,2% de ruim/péssimo e boa/excelente, 30,5%. Outros 32,4% consideram a gestão regular, segundo o levantamento.

247

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here