Cerca de 100 representantes de conselhos estaduais e municipais de saúde se reúnem hoje em Brasília (DF) para discutir as ameaças do governo Temer ao Sistema Único de Saúde (SUS). O evento é uma realização do Conselho Nacional de Saúde (CNS).

Na opinião do atual presidente do CNS, Ronald Ferreira da Silva, cerca de 80% dos prefeitos eleitos no ano passado não tem noção de como funciona o SUS e grande parte destes vislumbram repassar para iniciativa privada diversas atribuições. “Na atual conjuntura, se consolida a ideia de que o Estado deve estar a serviço do Mercado”, diz o ativista.

Para Ferreira, a nova legislação que amplia a terceirização da mão de obra em diversos setores produtivos e serviços públicos é uma ameaça à garantia dos direitos à saúde pública universal, pública e gratuita. Ele defendeu a criação de uma frente em defesa do SUS, pluirinstitucional, envolvendo os mais amplos setores da sociedade brasileira.

Ele disse que há, no atual governo, uma intenção inequívoca de inviabilizar as instâncias da chamada democracia participativa e do controle social, especialmente no que tange políticas públicas de saúde.  Para Ronald, os conselhos de saúde não devem se confundir com as gestões, mas manter um acompanhamento crítico da gestão pública.

 

Comunicação & Saúde

O vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde de João Pessoa (CMS-JP), Dalmo Oliveira, participa do evento até a próxima quinta-feira. Nos dias 19 e 20 ele participa da Conferência Nacional de Comunicação & Saúde, que ocorre no Centro de Convenções Internacional de Brasília.

“É um momento importante para avaliarmos o cenário nacional da situação da saúde pública em todo o país e tirarmos estratégias de luta e resistência para enfrentar a conjuntura política instaurada pós-golpe. Na comunicação, apresentaremos algumas propostas que elencamos na nossa conferência municipal, principalmente a criação de meios de comunicação produzidos autonomamente pelo conselho”, relata Oliveira.

DPB com Dalmo Oliveira de Brasília

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


seis × 5 =