JUSTIÇA

Carluxo apagou redes sociais por orientação de advogados antes de depor à CPI das Fake News

Mais do que a irritação com a repercussão de suas publicações, o vereador licenciado Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) seguiu orientação dos advogados para apagar seus perfis em redes sociais antes do depoimento que deve prestar à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News no Congresso Nacional.

Segundo a coluna de Guilherme Amado nesta quinta-feira (14) no site da revista Época, Carlos atendeu a um conselho dos advogados, que acreditam que o “power point” preparado por Joice Hasselmann (PSL-SP) que será apresentado à CPI deve expor ainda mais a ligação dele com a milícia virtual bolsonarista. O depoimento do filho de Jair Bolsonaro deve acontecer nas próximas sessões.
Carluxo ainda estaria irritado pelas sucessivas reprimendas feitas pelo pai, que já havia pedido mais de uma vez que ele moderasse e até se retratasse por publicações nas redes.

Revista Fórum

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE