TODAS AS CATEGORIAS

Assembleia receberá o presidente da Agência Nacional das Águas para tratar da situação dos açudes paraibanos

presidente da Agência Nacional das Águas (ANA), Vicente AndreuO presidente da Agência Nacional das Águas (ANA), Vicente Andreu, estará em João Pessoa na próxima quinta-feira (09), às 8h30, para participar da audiência pública da Frente Parlamentar da Água da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). A propositura é do deputado estadual Jeová Campos (PSB), presidente da Frente. Segundo o parlamentar, o convite tem o objetivo de contribuir para o debate acerca da situação dos recursos hídricos da Paraíba, bem como promover o encontro de órgãos estaduais e nacionais em prol do abastecimento de água no estado e do debate das obras da transposição.

Durante o pequeno expediente da sessão desta terça-feira (07), Jeová explicou que no dia, ao invés de uma sessão ordinária, a Casa Legislativa realizará duas sessões especiais: Uma com o representante da ANA, às 8h30, e outra com o procurador da República, Luciano Maia, em seguida, às 11h. “Teremos aqui uma quinta-feira rica. A primeira audiência será com o representante da ANA, onde vamos debater os problemas que estamos enfrentando, a exemplo, do açude Coremas Mãe D’Água que só tem 20% de sua capacidade e nós estamos liberando água para que o estado do Rio Grande do Norte possa fazer irrigação”, disse Jeová, adiantando alguns pontos da discussão.

“A pergunta é: Se engenheiros Ávidos está sem água, se São Gonçalo não tem água qual é nossa reserva técnica? Agude de Coremas. E vamos ter que perguntar à ANA quando é que ela vai nos dar segurança hídrica se nós soltarmos água porque, por exemplo, o Açude Armando Ribeiro Gonçalves, no estado do Rio Grande do Norte, em Açu, é o dobro da capacidade do de Coremas Mãe D’Água”, argumentou, convidando todos para o debate. “Vamos ouvir o que a ANA tem a nos dizer por que, na verdade, é ela quem é a gestora, reguladora das águas e quem pode fazer a liberação ou não de utilização das águas. Neste caso específico a ANA precisa fazer uma reeleitura”, afirmou.

Jeová continuou lançando a ideia de que a ANA precisa fazer um estudo da situação e dar uma solução para o abastecimento de água na Paraíba. “Se até o final do mês de maio não houver mudança, o quadro dos reservatórios do sertão não aguentará mais liberar água para irrigação. Ano passado ocorreu uma discussão sobre isso entre Cajazeiras e Souza. Cajazeiras se levantando para dizer que não daria para liberar água para a cultura do coco. Mas foi autorizada pelo Ministério Público. Moral da historia: hoje não tem água nem para Cajazeiras e nem para Souza e, lamentavelmente, o coqueiral morre e muitas pessoas ficaram desempregadas”, alertou o deputado, evidenciando em sua fala a importância dessa regulação da ANA.

DiárioPB com Assessoria

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE