JUSTIÇA

Alexandre de Moraes vai pedir à PGR providências sobre ameaças de Sara Winter

247 – O ministro Alexandre de Moraes, que conduz no Supremo Tribunal Federal as investigações que apuram ataques a integrantes da corte e mira aliados de Jair Bolsonaro, pedirá à Procuradoria Geral da República (PGR) providências sobre ameaças e ataques feitos pela ativista bolsonarista Sara Winter contra ele, segundo reportagem do Globo.

Sara Winter, apontada como líder do chamado ‘acampamento dos 300’, em Brasília, que tem armas e promove atos em defesa do governo e contra as instituições, é um dos alvos da operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira 27. Ela publicou na internet dois vídeos contra Moraes: um com ameaças contra o ministro e o segundo, em frente ao STF, com xingamentos

Segundo O Globo, Moraes já encaminhou o vídeo para a Procuradoria-Geral da República. Como a ativista não tem foro perante ao Supremo, a tendência é a de que o procurador-geral, Augusto Aras, encaminhe o caso para o Ministério Público Federal na primeira instância.

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE