Botafogo-PB derrota o Náutico e se classifica para as finaisEm partida emocionante no Estádio Almeidão, em João pessoa, o Botafogo-PB derrotou o Náutico-PE pelo placar de 2 a 1 e se classificou para as finais da Copa do Nordeste pela primeira vez. Os gols do Belo foram marcados pelo atacante Nando e pelo meia Juninho, já o Timbu marcou pelos pés do atacante Tarcísio.

A vitória garante ao time paraibano pelo menos R$ 875 mil reais, pois além da cota pela classificação, que é de R$ 375 mil, embolsa mais, no mínimo, R$ 500 mil reais, pelo vice-campeonato. Em caso de título, o montante chega a R$ 1,3 milhão.

O jogo

Já aos 40 segundos do primeiro tempo, o atacante Nando recebeu um cruzamento do lateral Fábio Alves e carimbou a trave do goleiro adversário.  Aos cinco minutos foi a vez de Juninho. O meia recebeu um passe açucarado do lateral Fábio Alves, mas esbarrou na zaga alvirrubra, que afastou o perigo em cima da linha.

Após se recuperar de lesão, o meia Marcos Aurélio voltou com tudo. Aos dez minutos, ele recebeu a bola na entrada da área e sofreu falta. Na cobrança, ele mesmo bateu bem, carimbando o travessão do adversário.

Aos 14 minutos foi a vez do Náutico. Após cobrança de falta, a zaga do Belo afastou, mas o meia Marcos Vinícius bobeou e deixou o atacante Odilávio Júnior sozinho. Ele cruzou na área e o zagueiro Hereda, sozinho, furou.

O Timbu começou a gostar do jogo. Aos 17 minutos, o atacante Wallace Pernambucano cabeceou, obrigando o goleiro Saulo a executar uma brilhante defesa, salvando o Belo.

2º tempo

Mesmo com a chuva, o jogo se manteve quente na segunda etapa. Aos quatro minutos, o lateral Israel teve a oportunidade de abrir o placar no Almeidão, mas parou na defesa do goleiro Bruno, que espalmou para escanteio.

Após desperdiçar a chance de gol, o atacante Nando recebeu um presente da zaga do Náutico. Ele se enrolou com o goleiro Bruno, mas conseguiu driblar o adversário e ficar livre na área, chutando para o gol e abrindo o placar.

Náutico empata

Não demorou muito para o Náutico empatar a partida. Já aos 15 minutos do segundo tempo, o atacante Tarcísio, que tinha acabado de entrar em campo, chutou forte e o goleiro Saulo falhou. A bola passou por baixo do paredão alvinegro, balançando as redes do Almeidão pela segunda vez na noite.

Craque sentiu

O meia Marcos Aurélio sentiu a coxa após uma cobrança de escanteio e foi substituído. Em seu lugar entrou o estreante da noite, o meia Enercino.

Que vacilo!

Em sua primeira jogada na partida, Enercino sofreu uma penalidade, aos 23 minutos. Na cobrança, o lateral Fábio Alves chutou no meio do gol para uma bela defesa do goleiro Bruno.

Quase

Aos 43 minutos, Enercino lançou para o atacante Dico, que se infiltrou na zaga do Náutico e cruzou com maestria na cabeça do atacante Paulo Renê, que tirou muito do gol, ficando apenas no quase.

Classificação!

Aos 45 minutos, o atacante Juninho aproveitou a cobrança de falta do meia Clayton e cabeceou para o alto, encobrindo o goleiro Bruno, que foi buscar a bola dentro do gol. Com o resultado, o Belo faz história e se classifica para as finais da competição regional.

Correio

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO