POLÍTICATODAS AS CATEGORIAS

PT de João Pessoa e Anísio Maia mantêm candidatura

Decisão contraria a direção nacional do Partido dos Trabalhadores, que anunciou a retirada do nome do deputado da disputa.

Apesar da decisão da executiva nacional do Partido  os Trabalhadores (PT), que retirou a candidatura do partido à Prefeitura de João Pessoa (PMJP), o Deputado estadual Anísio Maia vai recorrer à Justiça para se manter na disputa. O parlamentar, que chegou a ter seu nome lançado em convenção anteontem, disse que a medida “foi autoritária e violenta contra os filiados”.
O nome de Anísio foi anunciado em evento realizado com a presença da militância na capital, mesmo após o PSB, partido do ex-governador Ricardo Coutinho, buscar o apoio da sigla. “Fizemos tudo dentro da legislação eleitoral. Vamos esperar e, se for oficializada (a decisão), vamos entrar com recurso no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba(TRE-PB)”, disse.

O deputado, que tem na chapa como vice-prefeito Percival Henriques (PCdoB), garantiu que tanto o diretório municipal quanto o partido aliado seguem mantendo o apoio. Sobre a postura do PT nacionalmente, Maia mostrou desapontamento. “Foi uma violência política e uma agressão ao filiado. Tivemos um processo bonito com a articulação da militância. Tudo muito cristalino e com afinidade política. Foi uma medida autoritária, até porque o candidato é muito fragilizado”, alfinetou, referindo-se a Ricardo Coutinho, que vem respondendo a processos dentro das investigações da ‘Operação Calvário’, realizada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB).

Em nota, a comissão executiva municipal do PT destacou que a candidatura do deputado ao cargo de prefeito “foi aprovada pela instância municipal do PT por unanimidade e tem tido grande aceitação junto às bases partidárias e à sociedade pessoense”. Além disso, a legenda alega que o diretório referendou a candidatura, em aliança com o PCdoB, dentro de total concordância com a lei eleitoral e o estatuto partidário e que “todas as decisões tomadas se deram em constante diálogo com a direção nacional”.

O documento, assinado pela presidente, Giucélia Figueiredo, finaliza garantindo que o PT de João Pessoa vai recorrer da decisão da direção nacional e que vai “reafirmar a candidatura do deputado Anísio Maia a prefeito, de Percival Henriques para vice e avançar na campanha, tanto nas ruas quanto nas mídias sociais”.

Fonte AUNIÃO

Thais Cirino
thaiscirino@hotmail.com

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE