INTERNACIONAL

Nobel da Paz premia luta pela liberdade de expressão

O comitê da Noruega concedeu nesta sexta-feira (8) o Prêmio Nobel da Paz de 2021 aos jornalistas Maria Ressa e Dmitry Muratov. Ressa, a primeira mulher neste ano a receber um Nobel, é CEO da Rappler, uma agência de notícias que faz críticas ao governo do presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte. Muratov dirige o jornal russo independente Novaya Gazeta.

Segundo a Academia, a dupla foi premiada “por seus esforços para salvaguardar a liberdade de expressão, que é uma pré-condição para a democracia e a paz duradoura”. O relato foi publicado pela CNN Brasil.

“O jornalismo livre, independente e baseado em fatos serve para proteger contra o abuso de poder, mentiras e propaganda de guerra”, disse Berit Reiss-Andersen, presidente do Comitê Norueguês do Nobel, ao anunciar o prêmio em Oslo nesta sexta.

Brasil 247

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar