RC processará quem criou fake newsO Ministério Público da Paraíba (MPPB) negou que esteja acontecendo qualquer operação do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) na manhã desta terça-feira (19). Informações que circularam nesta manhã davam conta que um possível desdobramento da Operação Calvário estaria em andamento.

Na suposta informação, o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e o secretário Waldson Souza estariam sendo alvo de mandados de busca e apreensão em suas residências.

Em contato com a reportagem do Paraíba Já, o MPPB esclareceu que “nenhuma operação (está) em andamento hoje”.

Procurada pela reportagem, a consultoria jurídica do ex-governador paraibano informou que estará movendo uma representação criminal contra quem propagou a ‘fake news’. “Já sabemos de onde partiu essa fake news e já estamos nos preparando para impetramos as ações cabíveis”, disse um dos advogados.

Neste momento, Ricardo está participando, como convidado, de uma solenidade do Governo do Estado no Espaço Cultural.

Paraíba Já

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO