Departamento de Matemática da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)O Departamento de Matemática da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) subiu 200 posições na edição 2018 do Ranking de Xangai e entrou no ‘top 300’ do mundo e no “top 3” do país, ficando atrás apenas dos da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Da Região Nordeste, é o único que aparece na classificação. Em 2017, foi “top 500” do planeta e “top 5” do Brasil.

“Subimos essas posições devido à política de internacionalização da UFPB e do departamento; ao aumento da produtividade acadêmica, que repercute no banco de dados das plataformas da área; e à melhora dos nossos recursos humanos”, avalia Fagner Araruna, coordenador do Programa de Pós-graduação em Matemática da UFPB no último ano.

Segundo Araruna, o programa, em associação à Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), é o mais produtivo do país, de acordo com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), conforme resultado final da Avaliação Quadrienal 2016.

 

As pesquisas são voltadas, principalmente, para os campos de análise, de álgebra, de geometria/topologia e de probabilidade. “Estamos pleiteando curso de doutorado exclusivo para a UFPB. A decisão sairá neste mês”, adianta, entusiasmado, o docente.

 

Joedson Santos, atual chefe do departamento, destaca, nas atividades de extensão, ações como a Olímpiada Pessoense de Matemática, da qual participam estudantes das redes pública e privada de ensino; e o Ciclo Paraibano de Palestras de Divulgação da Matemática (Ciclomat), direcionado, especialmente, a professores da rede pública. As apresentações da segunda edição, abertas ao público, ocorrerão neste sábado (23), das 8 às 18h.

 

O Ranking de Xangai, nome pelo qual é conhecido o Academic Ranking of World Universities, é uma classificação geral e por áreas do conhecimento de instituições de ensino superior de todo o mundo. Os campos de estudo são avaliados de acordo com o número de artigos publicados, sobretudo por periódicos de impacto, quantidade de citações, colaborações internacionais e prêmios.

Perfil do departamento

Criado em 1961, o Departamento de Matemática da UFPB (foto) é formado, hoje, por 260 estudantes de licenciatura e de bacharelado, por 100 mestrandos e doutorandos e por 55 docentes, dos quais 12 são bolsistas de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

Oferta, por ano, 50 vagas para graduação, via Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC), e 90 para cursos de mestrados acadêmico e profissional e de doutorado. Mais informações podem ser obtidas por meio do site da unidade de ensino ou pelo telefone (83) 3216.7434.

WSCOM

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here