JUSTIÇA

Lula abre investigação privada e quer rever dados da Odebrecht que foram utilizados pela Lava Jato

247 – Os advogados  do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deram início a uma investigação própria para buscar provas que poderão ser utilizadas pela defesa em processos da Lava Jato. Segundo reportagem do UOL, foram solicitados documentos à empreiteira Odebrecht, além de terem sido iniciadas consultas junto a autoridades suíças. O objetivo é obter provas que podem auxiliar a inocentar Lula ou revelar os excessos e abusos cometidos pela Lava Jato contra o ex-presidente.

A reportagem destaca que a defesa de Lula está preparando uma ação junto ao Ministério Público em Berna, na Suíça, para ter acesso aos arquivos originais do sistema de propinas da Odebrecht. Segundo os advogados, a Lava Jato teria feito uso de arquivos manipulados durante o processo.

“Como o Judiciário da Lava Jato nos impediu de ter acesso a diversos elementos que podem servir para reforçar nossos argumentos, vamos usar da técnica da investigação defensiva”, disse o

A  “investigação defensiva” do ex-presidente se baseia em um regulamento aprovado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (da OAB) no final de 2018 e visa reunir provas para serem utilizadas em recursos à Justiça.

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE