uiz Couto se consideraO deputado federal Luiz Couto (PT) participou nesta quinta-feira (14) da série de entrevistas promovida pela rádio Campina FM’ e disse que a sua candidatura é fruto de um apelo do ex-presidente Lula: “Foi ele que me indicou”.

Sobre o envolvimento de companheiros de partido com atos de corrupção, Couto afirmou que “defendo que os que se labuzaram devem pagar por isso”.

Sobre a ex-presidente Dilma Rousseff, o petista opinou que “ela foi inocente” ao indicar o então vice-presidente Michel Temer (MDB) para o ministério que fazia a coordenação política do governo.

Acerca das delações do ex-ministro petista Antonio Palocci, Couto disse que “ele não conseguiu comprovar nada”.

Além de defender a instalação de uma ´Constituinte Exclusiva´, Luiz Couto acentuou que o Poder Judiciário no Brasil “precisa de controle”.

Para o parlamentar, “com o Congresso Nacional que nós temos, não faremos reformas”.

“Muitos querem resolver os seus problemas pessoais através da política”, enfatizou Couto, para emendar com um alerta: “O crime organizado está tomando conta da política”.

Luiz Couto se intitulou como “o senador puro sangue” do ex-presidente Lula.

Paraíba Online

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO