Responsável pela divulgação do vazamento das trocas de mensagens entre integrantes da Lava Jato e o ex-juiz Sérgio Moro – atual ministro da Justiça – que revelou a parcialidade da força-tarefa e também do magistrado nos processos ligados à operação, o editor do site The Intecerpt, jornalista Gleen Greenwald, afirmou que os procuradores comemoraram a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “o dia todo, como no Natal”.

“O caso do Lula foi o mais importante para a força-tarefa da Lava Jato e Sérgio Moro. Eles falaram mais sobre este caso do que todos os outros casos juntos. Naquele dia, quando o Supremo manda o Lula preso e Moro emitiu essa ordem para prender o Lula, eles comemoraram o dia todo, festejaram o dia todo, como no Natal”, afirmou Greenwald em entrevista ao programa Segunda Chamada, exibido pelo canal My News.

No programa, exibido nesta segunda-feira (24), Além de Greenwald, também participaram da entrevista com o apresentador Antonio Tabet, as jornalistas Mara Luquet e Vera Magalhães e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Confira no Twitter abaixo a afirmação de Gleen Greenwald e logo abaixo a íntegra da entrevista.

247

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here