FUTEBOL

Jornalista da Globo critica volta de Bruno ao futebol: ‘Toleraremos feminicida na posição de ídolo?’

Goleiro Bruno foi condenado pela morte de Eliza Samudio – AFP

A jornalista Jéssica Senra, da TV Bahia, afiliada da Rede Globo, criticou a possível contratação do goleiro Bruno pelo Fluminense de Feira. A apresentadora se disse a favor da ressocialização do atleta, mas questionou se a sociedade deveria alavancá-lo novamente à posição de ídolo.

“Desejamos e precisamos que pessoas que cometem crimes tenham a possibilidade de refazer suas vidas, mas diante de um crime tão bárbaro, tão cruel, poderíamos tolerar que o feminicida Bruno voltasse à posição de ídolo? Que mensagem mandaríamos à sociedade? Atletas são referências. Contratar para um time de futebol um assassino, um homem que mandou matar a mãe do seu filho, esquartejar, dar o corpo para os cachorros comerem é um desrespeito. É um desrespeito a nós mulheres”, afirmou Jéssica.

Veja a fala completa:

Bruno foi condenado em 2013 a 22 anos e 3 meses pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samúdio, com quem teve um filho. Em 2017, após conseguir habeas corpus, assinou com o Boa Esporte, mas o recurso foi cassado após ele disputar apenas cinco partidas. Após conseguir progressão de pena para o regime semiaberto, assinou com o Poços de Caldas para a disputa da 3ª Divisão do Campeonato Mineiro, mas deixou o clube após ter disputado apenas uma partida alegando salários atrasados.

O DIA

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE