Foi um passeio no parque para Lewis Hamilton em Silverstone. O inglês saiu da pole position para liderar de ponta a ponta, fazer a volta mais rápida e vencer o GP da Inglaterra pela quinta vez, se igualando a Jim Clark e Alain Prost. O triunfo é o quarto do piloto da Mercedes na temporada, 57ª na carreira. Com o resultado, a diferença para o líder Sebastian Vettel na tabela do campeonato caiu de 20 para apenas um ponto.

O alemão da Ferrari, por sinal, não fez uma grande corrida, e foi ultrapassado por Max Verstappen logo na largada. Ele ainda conseguiu recuperar o terceiro lugar durante a parada do holandês nos boxes, mas sofreu com o desgaste dos pneus no final da prova, quando era terceiro. Com o composto dianteiro esquerdo estourado na última volta, Vettel teve de se arrastar até os boxes. O tetracampeão ainda conseguiu trocar o pneu furado, voltar à pista e terminar a prova na sétima colocação, salvando alguns pontos na briga pelo título.

pódio do GP da InglaterrapódioAo contrário de Vettel, Bottas brilhou na Inglaterra, saindo da nona colocação no grid para receber a bandeirada no segundo lugar. O finlandês foi galgando posições ao longo da prova até superar a o compatriota da Ferrari no final. Para tanto, Bottas contou com problemas nos pneus de Kimi Raikkonen, que ocupava a segunda colocação no momento. O ferrarista, inclusive, ainda conseguiu trocar os compostos e completar a corrida no pódio, em terceiro lugar.

Na RBR, enfim, Max Verstappen conseguiu completar um GP. O holandês terminou a corrida em quarto e teve como ponto alto da corrida a boa briga com Vettel nas voltas iniciais. Daniel Ricciardo, por sua vez, saiu da 19ª colocação, e, em impressionante recuperação, conseguiu cruzar a linha de chegada em quinto. Nico Hulkenberg também foi bem com a Renault, fechando em sexto, seguido de Vettel, Esteban Ocon, Sergio Pérez e com o brasileiro Felipe Massa da Williams fechando os dez pilotos que pontuam.

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


+ 5 = nove