FUTEBOL

Ex-Treze, Botafogo-PB e Campinense, Lúcio Curió, é preso suspeito de associação ao tráfico

O ex-jogador paraibano Lúcio Curió, 37 anos, foi preso nesta quinta-feira (22), na cidade de Mulungu, no Brejo paraibano. De acordo com a Polícia Civil, o ex-atleta é acusado de associação para o tráfico, com fornecimento de dinheiro e armas. Além de Lúcio Curió, outras seis pessoas foram presas na operação conjunta das polícias Civil e Militar.

Curió foi revelado pelo CSP e atuou em clubes como o Botafogo-PB, Treze, Campinense e América de Natal, além do Gyeongnam, Ulsan Hyundai e Gwangju, todos do futebol da Coreia do Sul. A última atuação no futebol foi pelo São Paulo Crystal, nas disputas da Primeira Divisão do Campeonato Paraibano do ano passado. Nos títulos conquistados, destaque para o de campeão potiguar em 2012 pelo América-RN e campeão paraibano em 2014 pelo Botafogo-PB.

De acordo como delegado Walter Brandão, que participou da ação que prendeu o ex-jogador, ele é suspeito de fornecer e guardar armas utilizadas pela quadrilha que atuava no tráfico de drogas na região. A prisão temporária do ex-atleta foi expedida pela Justiça da Paraíba, após interceptações telefônicas apontarem o envolvimento dele no esquema.

Foram apreendidas uma carabina, uma pistola .380 e um revólver calibre 38. Nenhum deles, no entanto, estava na casa de Lúcio Curió, que mora na região.

Fonte: Portal Paraíba

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar