janis joplin
Foto: Reprodução

Janis Lyn Joplin foi uma cantora e compositora norte-americana. Considerada a “Rainha do Rock and Roll”, “a maior cantora de rock dos anos 1960″ e “a maior cantora de blues e soul da sua geração”. Ela alcançou proeminência no fim dos anos 1960 como vocalista da Big Brother and the Holding Company e, posteriormente, como artista solo, acompanhada de suas bandas de suporte: a Kozmic Blues e a Full Tilt Boogie. A revista Rolling Stone a considerou entre os 100 maiores artistas de todos os tempos.

Influenciada por grandes nomes do jazz e do blues, como Aretha Franklin, Billie Holiday, Etta James, Big Mama Thornton, Odetta, Leadbelly e Bessie Smith,[6][7] Janis fez de sua voz a sua característica mais marcante, tornando-se um dos ícones do rock psicodélico e dos anos 1960.[9] Todavia, problemas com drogas e álcool encurtaram sua carreira. Morta em 1970 devido a uma overdose de heroína, Janis lançou apenas quatro álbuns: Big Brother and the Holding Company (1967), Cheap Thrills (1968), I Got Dem Ol’ Kozmic Blues Again Mama! (1969) e o póstumo Pearl (1971), que foi o último álbum com participação direta da cantora.

Creedence_Clearwater_Revival
Foto: Reprodução

Creedence Clearwater Revival foi uma banda de country rock californiana formada por John Fogerty (guitarra e vocais principais), Tom Fogerty (guitarra), Stu Cook (baixo) e Doug Clifford (bateria), que, sob outras denominações, tocavam juntos desde 1959.

Os amigos de escola John Fogerty, Doug Clifford e Stu Cook trabalharam juntos em 1959 sob o nome de The Blue Velvets, com Tom Fogerty como vocalista. Eles lançaram três singles.

Max Weiss, um dos co-proprietários da Fantasy inicialmente denominou o grupo como The Visions, mas quando foram lançados os compactos, em novembro de 1964, Weiss renomeou-os então como The Golliwogs, em referência a uma boneca de nome similar.

Adotaram o nome Creedence Clearwater Revival em 1967, com o qual lançaram as primeiras gravações em 1968. O nome surgiu pela junção do nome de um amigo de Tom Fogerty, “Credence Newball”, com ‘Clearwater’ tirado de um comercial de TV da Olympia Beer e Revival, simbolizando a reunião entre os membros após o retorno de John Fogerty e Doug Clifford que então cumpriam convocação para o serviço militar. Ao nome de Credence, adicionaram um outro “e” para lembrar creed (crença, credo). Eles quase se estabeleceram com o nome “Creedence Nuball” e “The Ruby” em um estágio. Em 1968 obtiveram o primeiro disco de ouro, com o álbum de estreia, Creedence Clearwater Revival.

Ao longo da carreira, entre singles e álbuns, conquistaram nove discos de ouro e sete discos de platina, rendendo mais de 26 milhões de discos vendidos apenas nos EUA. Separaram-se em julho de 1972. John Fogerty foi quem teve mais êxito em sua carreira solo. Seu irmão Tom faleceu em 6 de setembro de 1990. Em 1993 o Creedence Clearwater Revival foi introduzido ao Rock and Roll Hall of Fame.

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO