ENTRETENIMENTO

Bacurau é escolhido para representar o Brasil no Prêmio Goya

Foto: Divulgação

Vencedor do Prêmio do Júri no Festival de Cannes, Bacurau (2019), longa-metragem de Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho, foi escolhido para representar o Brasil no Prêmio Goya, considerado uma espécie de Oscar espanhol, outorgado pela Academia de Artes e Ciências da Espanha. A produção assim concorrerá a uma vaga entre as melhores ibero-americanas. Antes da estreia comercial, prevista para o dia 29, o filme abrirá, em sessão especial, fora de competição, o 43º Festival de Gramado, nesta sexta-feira, 16, isso depois da enxurrada de convites para festivais e mostras, algo já na casa da centena. No ano passado, Benzinho (2018) foi selecionado para representar o Brasil, mas, infelizmente, não ficou entre os cinco finalistas.

Em Bacurau, num futuro recente, um povoado do sertão de Pernambuco dá adeus a Dona Carmelita, mulher forte e querida, falecida aos 94 anos. Dias depois, os moradores percebem que a comunidade some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começa a acontecer, os locais tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável? O filme foi rodado ao longo de mais de dois meses no Sertão do Seridó, na divisa entre o Rio Grande do Norte e da Paraíba. No elenco figuram nomes maiúsculos, tais como Sônia Braga, Karine Teles e Udo Kier, além de Bárbara Colen, Silvero Pereira, Thomás Aquino, Antonio Saboia, Rubens Santos e Lia de Itamaracá. A entrega do Prêmio Goya 2019 será no dia 25 de janeiro de 2020, na cidade de Málaga.

Foto: Divulgação

Papo de Cinema

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE