FELIPÃO AUDIOForam mais de 15 minutos de conversa na beira do gramado. Reunidos na roda, o técnico Luiz Felipe Scolari, o capitão Thiago Silva, o diretor de comunicação Rodrigo Paiva e ainda assessores. O principal assunto, claro, era ainda a goleada de 7 a 1 sofrida para a Alemanha na última terça-feira. Nenhum problema não fosse pelo detalhe de que o áudio captado pelas câmeras da Fifa vazou.

No bate-papo informal, Felipão chamou o resultado das semifinais de “fatalidade” e disse que o Brasil poderia ter diminuído o placar para 5 a 4 no início do segundo tempo.

“Uma fatalidade não pode destruir um trabalho… Nunca mais, nem daqui a mil anos, cara. Eles foram sete vezes no primeiro tempo e fizeram cinco gols. Nos dez primeiros minutos do segundo tempo, se eu mostrar o tape, nós criamos quatro chances de gol. Se nós tivéssemos acertado as quatro ia estar 5 a 4 em dez minutos? É coisa de louco para pensar”, afirmou.

A seleção foi para o intervalo perdendo por 5 a 0.

O comandante brasileiro ainda conversou sobre amenidades como o turismo em Caxias do Sul antes da entrevista oficial concedida ao lado de Thiago Silva para a disputa do terceiro lugar neste sábado, contra Holanda, no Estádio Nacional, em Brasília.

ESPN

COMPARTILHAR

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO


− dois = 6