POLÍTICA

Após retrocesso em nível de consciência e dificuldade em falar, Lucélio volta para a UTI

Lucélio Cartaxo, chefe de gabinete da prefeitura de João Pessoa, e irmão gêmeo do prefeito da Capita, Luciano Cartaxo, apresentou uma piora no quadro clínico e precisou retornar à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Urquiza Wanderley (Unimed João Pessoa), na noite desse sábado (13).

Informações não oficiais apontam que Lucélio apresentou no final da tarde de sábado, um “rebaixamento do nível da consciência”, sem conseguir verbalizar com os familiares que o acompanhavam.

O Portal Paraíba.com.br entrou em contato com a assessoria de Comunicação do Hospital da Unimed, porém a família não autorizou a unidade hospitalar a passar novas informações sobre o paciente.

A equipe médica que o assiste desde o primeiro atendimento, no Hospital de Emergência e Trauma, teria sido acionada e se dirigiu rapidamente para o Hospital da Unimed onde os médicos promoveram reavaliação neurológica no paciente, por meio de exames tomográficos, que comprovaram a piora no quadro clínico, decidindo por reencaminhá-lo à UTI.

O ACIDENTE

Lucélio sofreu um acidente no sábado (6), durante passeio de quadriciclo com o filho em um Condomínio Residencial, em João Pessoa. Eles foram foram socorridos por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e encaminhados para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.

O filho de Lucélio, Gustavo Cartaxo, sofreu apenas pequenas escoriações e um corte onde recebeu sutura local.

Em estado mais grave, Lucélio passou por avaliação pelo corpo clínico da emergência do Hospital de Trauma, incluindo os neurocirurgiões, que adotaram o protocolo de TCE (Trauma Crânio Encefálico). Foram realizados vários exames no paciente, incluindo, três tomografias, que evidenciaram uma pequena hemorragia-hematoma subdural que se estabilizou, além de fraturas também múltiplas na coluna, mas estáveis.

No domingo (7), ele foi transferido para o Hospital Unimed João Pessoa e, mesmo apresentando quadro hemodinâmico estável, e com bastante sonolência, após ficar três horas em observação, a equipe médica decidiu pela condução do paciente à Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Após recuperação satisfatória, o político deixou a UTI e foi transferido para um apartamento na unidade hospitalar na quarta-feira (10). No entanto, neste sábado voltou a apresentar piora no quadro clínico.

Redação com informações do WSCom

Mostrar mais

DiárioPB

DiárioPB é um Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo. Fundado em 2008 pelo fotojornalista e Webmaster Sérgio Ricardo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
PUBLICIDADE