ESPORTESFUTEBOL

Anvisa suspende jogo entre Brasil e Argentina por causa da covid

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão do jogo entre o Brasil e a Argentina.

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão do jogo entre o Brasil e a Argentina. A seleção argentina retirou-se de campo porque quatro dos seus jogadores –  Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero – estavam na Inglaterra e não podiam vir jogar. A proibição para a presença dos jogadores foi descumprida e, por isso, o jogo foi interrompido e o time argentino teve de sair de campo.

Há informações de que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) havia negociado para que os jogadores atuassem. Diante do descumprimento, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu o jogo.

O jogo tinha se iniciado com 4 minutos e 40 segundos quando chegou a ordem de suspensão da Anvisa. Em entrevista à TV Globo durante a transmissão, o diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, explicou que, por causa dos riscos de contaminação da variante Delta, pessoas que passaram pelo Reino Unido, pela África do Sul e pela Índia só podem entrar no Brasil depois de passar por quarentena. A seleção argentina desrespeitou a determinação de isolamento dos jogadores. Por determinação da Anvisa, os jogadores deveriam ter ficado no hotel até serem deportados. “Tudo o que a Anvisa orientou desde o primeiro momento não foi cumprido. Foi uma sequência de descumprimentos”.

Diante da decisão da Anvisa, ficou a dúvida sobre se a Argentina poderia jogar sem os quatro jogadores. Neste momento, porém, ainda não se sabe se isso acontecerá.

Na Seleção brasileira, nove jogadores que atuam na Inglaterra não puderem vir jogar e foram substituídos por outros pelo treinador Tite.

Em nota publicada pela Anvisa pouco antes do início da partida, foi informado que jogadores argentinos teriam dado falsas informações no formulário oficial da autoridade sanitária brasileira. No comunicado, a agência informou o descumprimento da regra para entrada de viajantes no Brasil.

“A regra está prevista na Portaria Interministerial nº 655, de 2021, a qual determina que viajantes estrangeiros que tenham passagem, nos últimos 14 dias, pelo Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia, estão impedidos de ingressar no Brasil”.

Mostrar mais

DiárioPB

Portal de notícias da Paraíba, Brasil e o mundo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar